Dicas para uma melhor Alimentação Pós Carvanal

Dá para se divertir, mas não se deve esquecer de alguns detalhes, como manter-se sempre hidratado. De acordo com a clínica médica do Hospital Santa Clara, Dra. Aline Pécora, o consumo de bebida alcoólica precipita aumento da vontade de urinar e consequentemente provoca desidratação. “Manter o corpo hidratado proporciona bem estar e bom funcionamento dos órgãos. Água de coco, sucos naturais e isotônicos são líquidos que repõem eletrólitos e água corporal”, indica a Dr. Aline.

Durante o dia é essencial usar o protetor solar, tentar ficar na sombra e beber bastante líquido. Separar um tempo para descanso também é importante. Muitas horas sem dormir acabam sendo prejudicial à saúde.

Recomenda-se uma dieta balanceada que se baseia na pirâmide alimentar: carboidratos, proteínas e lipídeos. A dica é manter equilíbrio nas refeições e evitar o consumo de alimentos ricos em frutose (doces de frutas, geleias, grãos), cafeína (refrigerante de cola, café, chá mate e preto) e sódio (embutidos, queijos amarelos). “Evitar o excesso de álcool também é fundamental para garantir que a festa continue boa. Não estrague tudo, cuide da saúde também nos dias de folia”, finaliza Dra. Aline.

Caique nos conta como empreender no Youtube!

Caíque Pereira é um garoto promissor, muito jovem e já empreende um canal no Youtube com quase meio milhão de seguidores, o rapaz promove palestras pelo país e foi em São Paulo na Filmecon 2017 que tive o prazer de trocar uma ideia com ele!


Você vem ensinando pessoas a serem Youtubers há algum tempo na internet, qual sua opinião sobre a quantidade massiva de pessoas subindo vídeos na plataforma?

É muita gente produzindo, mas os números do Youtube mostram que neste mesmo período quadruplicou a quantidade de pessoas que consomem os vídeos, então acredito que tenha espaço para novos canais, novos produtores de conteúdo sim. A concorrência existe, mas hoje o que acontece enquanto comportamento de usuário é “quem eu vou assistir primeiro”, portanto se você for uma cópia de outro canal, se não tiver algo interessante, com certeza será mais um na multidão, busque um diferencial

Não falta responsabilidade hoje nos “youtubers”? Parece que em geral as pessoas não tem tido nenhum critério para postar, para selecionar o que vai ao ar…

Isso é algo preocupante sim e a plataforma vê isso como um problema que está sendo solucionado aos poucos, por exemplo, os click baits não podem ser usados mas usam ainda, tudo por inscritos, tudo por likes, o que acontece é que o Youtube promove essa liberdade e esse ainda é o grande barato da plataforma, sempre vai ter uma galera mal intencionada, ou com pouca maturidade e acabam fazendo bobagem. Mas o público também seleciona, se alguém está fazendo coisa ruim, ele será responsabilizado por isso, ou os usuários vão ridiculariza-lo ou ele perde credibilidade, enfim …

Canais de Youtube e empresas …

Um perigo! A maioria das empresas que entram no Youtube fracassam independentemente do valor investido ou do tamanho da empresa, porque não sabem o que estão fazendo. Não é Televisão … é internet, é Youtube. Pare de querer vender, entregue valor, canal empresarial ou pessoal que foca apenas em venda vai fracassar.

Tendências para 2018?

Tem muita coisa que eu ainda não posso falar por contrato de confidencialidade com a plataforma, mas vamos pensar que em termos gerais o Facebook veio forte com vídeos, Instagram com Stories e o Youtube com certeza com as comunidades, o próprio PLAY do Youtube vai se adaptar a novos formatos em 2018, Stories no Youtube, enfim, a guerra será gigante de conteúdo e o criador terá trabalho quadruplicado. Continuamos sendo um exército de um homem só.

_____________

Fernando Prado é comunicador multimídia, apresentador, produz conteúdo para empresas, Rádios e TVS e é Youtuber através do canal Tudodebom.tv.

NOVAS REGRAS para o Youtube e para os YOUTUBERS!

As regras das redes sociais mudam a todo momento e agora foi a vez da comunidade Youtube mudar suas regras de monetização, para você que tem um canal na plataforma fique ligado para saber o que alterou e se o seu canal já existe continua faturando com a famigerada monetização ou não.

 

  1. É necessário que seu canal tenha 4K horas de visualização dentro dos últimos 12 meses
  2. É necessário que seu canal tenha no mínimo 1.000 assinantes

 

Mas eu já tinha um canal com alguma “grana” lá para monetizar…

Bem … quem já tinha um canal e agora não se enquadra nestas novas regras PERDEM TODO O ACESSO A TODAS AS FERRAMENTAS de monetização. Ainda não está claro o que acontece com seus centavos de dólar por lá, mas acredito que se você continuar a gerar videos para a plataforma e se tornar novamente elegível ao programa do youtube de MONETIZAÇÃO, seu check out seja atualizado e você continue de onde parou.

As plataformas mudam suas regras e nós produtores não temos para quem reclamar, é sempre de cima pra baixo queridão!

 

Você é um DIGITAL INFLUENCER? Volte duas casas!

O mercado se altera e tudo se torna uma bagunça, até que as coisas se aquietem novamente. É sempre assim e não podia ser diferente com o mundo virtual. Resumindo: o Vine, Instagram Musicaly, Youtube geram famozinhos a cada dia, todos os dias alguém teve seu video, frase, ou meme viralizado por instantes, alguns perduram, outros não. Nesta seara – e principalmente no Instagram – aos poucos surgiram aqueles que se destacaram, pelo conteúdo.

Sim! Pelo conteúdo, elas/elas viajavam, compravam, ganhavam, mostravam, utilizavam produtos em seus dias e mais outras centenas de coisas, a estes escolhidos pelo grande público on line foi dado o nome de Digital Influencers, e aqui está mais um fato deste texto: ALGUEM LHES CONCEDEU UM TÍTULO.

Portanto digital influencer não pode se auto-intitular, pois não é profissão, não é algo que se torna fazendo um curso ou se graduando em qualquer área do conhecimento. Alguém que se destaca pelo conteúdo, pode chegar a influenciar pessoas.

Você influencia, quando outra pessoa compra algo, participa de algo, busca informações sobre algo que você disse ou fez, caso contrário você não influenciou nada nem ninguém, apenas postou algo, como qualquer pessoa no mundo.

Uma marca se relaciona com um “influencer” porque quer que de FORMA CAMUFLADA, NATURAL, um produto ou serviço seja usado por esta pessoa, afim de gerar influencia de marketing em outras pessoas, no caso, nos seguidores deste “influencers”.

E aí temos exemplos fora da casinha, fora da curva!!!, como grandes celebridades que fazem tanto o marketing lifestyle, este de usar produtos e serviços e também as tradicionais propagandas de tv, ambos os formatos são beneficiados consideravelmente e a relação custo-benefício da propaganda fica evidente.

O que tem acontecido, são pessoas DESCONHECIDAS, que COMPRAM seguidores e pacotes de CURTIDAS, criando para si mesmos uma audiência robô, fantasma, que não existe e buscando “parcerias” com empresas diversas e a forma só piora, a confusão é tanta que estas pessoas fazem comercial e não utilização natural do produto, o que é caracteristico de outra mídia e de outro profissional: Televisão e Rádio, e atriz, apresentadora, garota propaganda.

Vejo muita gente confusa por aí, abrindo contas de instagram, quando na verdade deviam estar enviando curriculos pelo linked in para agencias e empresas de entretenimento. O que você é? Se a resposta for: INFLUENCER! Então volte duas casas e reinicie o jogo.

beijo seus bunito,

 

.fernandoprado

 

O que aprendemos com a banda The Cranberries

A banda irlandesa The Cranberries toca muito rock de qualidade desde 1989. Sua vocalista Dolores O’Rioardan infelizmente faleceu subitamente no dia 15 de Janeiro de 2018 aos 46 anos, se a banda continua ou não ainda é muito cedo para cogitar, mas o importante é – além de respeitar o momento – é sem dúvidas o material sólido que ela deixou aos fãs e a contribuição do rock.

Abaixo, 8 coisas que certamente aprendemos com The Cranberries:

1.DREAMS:

“MINHA VIDA ESTÁ MUDANDO TODOS OS DIAS, NA MEDIDA DO POSSÍVEL”

2. LINGER:

“SE VOCÊ PUDER VOLTAR, NÃO DEIXE PASSAR O TEMPO, NÃO DEIXE DESAPARECER A OPORTUNIDADE.”

3. ANIMAL INSTINCT:

“SEGURE A MINHA MÃO E VENHA COMIGO, VAMOS MUDAR ESTA REALIDADE”

4. I CANT BE WITH YOU:

“ESTOU AQUI DEITADA EM MINHA CAMA, E CHORO PORQUE VOCÊ NAO ESTÁ AQUI, CHORO EM MINHA CABEÇA PORQUE SEI AS COISAS NÃO ESTÃO CLARAS, ME DEIXA TRISTE SABER QUE NÃO POSSO ESTAR COM VOCÊ.”

5. JUST MY IMAGINATION:

“COSTUMÁVAMOS SER TÃO LIVRES, VIVENDO PARA O NOSSO AMOR E NÃO PARA O MUNDO REAL, MAS ISSO ERA APENAS NA MINHA CABEÇA, SÓ NA MINHA IMAGINAÇÃO, SÓ NA MINHA IMAGINAÇÃO”

6.ODE TO MY FAMILY:

“TU TURU TU, TU TURU TU, TU TURU TU” 🙂
“VOCÊ ME VÊ, VOCÊ GOSTA DO QUE VÊ? GOSTA DE ME VER AQUI? VOCÊ ME PERCEBE?”

7.SALVATION

“A SALVAÇÃO É GRATIS!”

8.ZOMBIE

“QUEM ESTAMOS ENGANANDO? OUTRA CABEÇA PENDURADA, OUTRA CRIANÇA LEVADA, E A VIOLÊNCIA CAUSANDO TODO ESSE SILÊNCIO.”

 

E mais dezenas de músicas excelentes escondidas em seus álbuns! Se eu fosse você usaria os próximos 60 minutos da sua vida para dar uma vasculhada em Cranberries no Youtube! Fica a dica

bju seus bunito,

 

.fernandoprado

Youtuber Fábio Brazza participa do Congresso de Educação

Investir na evolução da educação dos alunos, informar os pais sobre os métodos inovadores aplicados em sala de aula e motivar a família a participar e ser parceira desse processo: esses são alguns dos objetivos do ‘Tem Jeito Sim – 1º Congresso de Educação do Colégio Nacional’, que tem como tema “Linguagens de uma escola contemporânea”. O evento contará com grandes nomes da educação, como o criador do LIV – Laboratório Inteligência de Vida, Caio Lo Bianco, o diretor do sistema de ensino Eleva Educação, Márcio Cohen, e haverá a participação da ex-ginasta Lais de Souza, que ministrará palestra sobre superação e perseverança e, ainda, o youtuber que está fazendo sucesso na web, Fábio Brazza.

 

Para o consultor pedagógico do Colégio Nacional, Thome Caires, o encontro vai levar conteúdo aos pais e alunos, além de abordar as várias linguagens atuais. “Planejamos que, daqui pra frente, todo ano vamos realizar um congresso de educação para que possamos manter nossos parceiros cada vez mais antenados com tudo aquilo que acontece em todas as áreas, como a cognitiva, tecnológica, neurocientífica, pedagógica, psicopedagógica, enfim, todas as ciências que hoje impactam e interferem naquilo que é o caminho da educação no mundo. Nesta ocasião, falaremos sobre as diversas linguagens que estão permeando este processo, desde a educação infantil, passando pela segunda infância, pela adolescência e a construção do mundo adulto. Estamos trazendo personagens para dialogar conosco sobre os temas e enxergar onde o Colégio Nacional se insere neste contexto”, explica Caires.

O consultor afirma que a programação do evento é alusiva a toda a visão de educação do Colégio. “Vamos tratar de elementos da educação contemporânea, do que está acontecendo no Brasil e no mundo com interlocutores variados dos mais diferentes lugares e pessoas renomadas na área educacional e com forte experiência profissional”, diz.

 

 

Sobre os palestrantes:

 

Lais Souza: Atleta da Seleção Brasileira de Ginástica Artística e com duas olimpíadas na carreira, Lais se viu diante de um novo desafio: representar o Brasil nas Olimpíadas de Inverno 2014, na Rússia. Durante o treinamento, porém, um grave acidente mudou completamente seus planos. Hoje, após 3 anos, a ex-atleta continua seu tratamento enquanto viaja pelo país, inspirando gerações para a prática de esportes e para a vida.

 

Fábio Brazza: Neto do poeta Ronaldo Azeredo, Fábio também é poeta, músico e improvisador e já conta com mais de 1 milhão de seguidores nas redes sociais. Começou a ganhar visibilidade pela parceria com o “Desimpedidos”, maior canal dedicado ao Futebol do Youtube, onde ficou conhecido como criador das batalhas de rap. Sua paixão pelo futebol e habilidade em criar rimas se transformaram em um convite para ser o repórter oficial da “Florida Cup”, onde fez homenagens, em forma de improviso, para nomes do esporte como Ronaldo Fenômeno, Ronaldinho Gaúcho, Chicharito Hernández, vídeos que viralizaram, inclusive, em canais internacionais.

 

Márcio Cohen: Vice-presidente da Eleva Educação, Márcio é formado nas instituições IME, IMPA e MIT; trabalhou como sócio e diretor das escolas Eleva e como consultor estratégico McKinsey Co. Nessas experiências, percebeu a necessidade de ir além do acadêmico, conectando-o sempre com o desenvolvimento de habilidades socioemocionais. Hoje ele lidera a plataforma Eleva de ensino.

 

Caio Lo Bianco: Liderou a criação do Laboratório Inteligência de Vida (LIV), ao longo dos últimos 3 anos, onde hoje ele atua como gerente e professor. Começou a sua carreira na educação como coordenador e professor do projeto “Construindo o Saber”, curso preparatório para concursos, voltado a alguns alunos de baixa renda. Formado em Economia pela FGV-Rio e Arte-educação pelo Instituto Pró Saber, Caio também é professor e coordenador da Escola Eleva.

 

 

Cronograma do Congresso, que acontece nesta quinta (28) e será dividido em dois momentos:

 

EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL I

13h – Acolhimento

*Castelli Master – adultos

13h30 – Abertura

13h40 – Marilia Dourado, consultora pedagógica e coordenadora geral da RedSolare Brasil;

14h10 – Caio Lo Bianco, líder da criação do LIV – Laboratório Inteligência de Vida;

14h40 – Marcio Cohen, vice-presidente da Eleva Educação

15h10 – Programa Tem Jeito Sim

15h40 – Encerramento de palestra

 

*Castelli Hall – para crianças

13h30 – Oficinas e atividades

16h – Momento Cultural – show musical com Luiz Salgado e banda

17h45 – Encerramento

 

ENSINO FUNDAMENTAL II E MÉDIO

*Castelli Master

18h30 – Acolhimento

19h – Abertura e apresentação do Programa Tem Jeito Sim

19h30 – Lais Souza, ex-ginasta que hoje dá palestras sobre superação e perseverança;

20h30 – Caio Lo Bianco, líder da criação do LIV – Laboratório Inteligência de Vida;

21h – Marcio Cohen, vice-presidente da Eleva Educação;

21h30 – Fábio Brazza, rapper e youtuber;

22h30 – Encerramento

Está sem ideias!? Veja como ter algumas boas …

Como assim, tenha idéias?

Segundo o site Psycology Now, algumas das idéias mais rentáveis no mundo foram tomadas de forma “padronizada”, quer um exemplo? Os Beatles ou mesmo a escritora Agatha Christie. No primeiro caso, Paul McCartey disse certa vez “Essa co-autoria entre John e eu funcionava assim, Jhon sempre vinha com o primeiro verso da música, que era tudo o que a gente precisava. Ele vinha com o padrão, com o modelinho pronto.” E o mesmo aconteceu com as mais de 60 histórias que Agatha escreveu, sempre baseado em um modelo, um “template”.

“Não tenha medo de ter idéias ruins, Ruim é não ter idéias.”

A exigência pessoal pela ideia perfeita é a arma mais poderosa para te deixar parado, sem fazer nada! Pense nisso, não procure a perfeição, procure a ação, fazer qualquer coisa, muitas vezes é melhor, do que não fazer NADA! Permita-se criar, mesmo que sejam “bobagens”, estas “bobagens” vão liberar seu potencial criativo.

Não é atoa que as crianças criem o tempo todo, elas estão disponíveis ao jogo, à brincadeira e ao senso crítico liberado para o erro e a experimentação, por isso elas podem e conseguem permanecer em um estado de criação tão intenso e por tanto tempo.

Começando pelo Começo!

Vamos fazer uma experimentação agora? O que acha!? O livro “Creative Breakthoughs” de Bryan W. Mattimore traz ferramentas poderosas ( minha dica: tente todas!!! Isso já é querer dar um passo em direção à criatividade.) :

  1. Pior Ideia: Tenha primeiro as piores idéias sobre seu problema ou seu tema em questão, pensou? Nas piores, naquelas que você não faria de forma alguma! Ótimo, agora reverta elas para o contrário destas piores ideias, ou seja, tente encontrar inspiração nestas péssimas ideias, conseguindo chegar às boas ideias.
  2. A Ideia Perfeita: Pense como um grande “desejo”, se fosse possível desejar as melhores possibilidades para essa sua tarefa, o que seria? quais elementos estariam, existiriam para fazer essa sua ideia principal acontecer? Pense no impossível mesmo, nas melhores soluções, depois e somente depois de ter feito isso, você passa a adicionar elementos de viabilidade, praticidade e realidade nesta ideia. Mas veja, só funcionará se você passar pela primeira parte antes, criando a ideia perfeita.
  3. Questionamentos: É muito comum termos premissas sobre nossas idéias, elas podem nos “travar” impedindo que seu processo continue, portanto, faça uma lista delas, tire-as da sua cabeça, feito isso, agora A PARTIR DELAS crie novas idéias.
  4. Imagens de Ignição: São pontos de partida segundo o autor, para algumas pessoas, ver imagens, pode iniciar um processo de imaginação e de pensamento criativo por associação, ou seja, você vê uma foto, uma pintura, desenho entre outros e começa a partir desta imagem, a pensar em ideias parecidas, partindo das suas associações internas, isso pode ser muito rico! Jogar uma palavra no Google imagens já pode te ajudar muito.

Agradeço a Susan K. Perry por partes do artigo que traduzi livremente aqui.

Seja Observador/a

Criativos são pessoas observadoras, que estão em consonância com seu tempo. Idéias muito boas não vêm do “nada”, pelo contrário, elas vêm do “tudo” de tudo que está acontecendo à sua volta, portanto, faça outro exercício, coloque-se em movimento no seu bairro, na sua cidade, mesmo que seja na sua rua! Ande por aí, observando tudo, o comportamento das pessoas, dos animais, das “coisas”.

Leia mais livros! Mesmo que sejam digitais, não importa, leia mais!!! As pessoas hoje, leem MENOS, seja a diferença!

Conheça outros círculos de pessoas! Mesmas pessoas, mesmas idéias!

Para muitos, a meditação assim como manter um diário são processos fundamentais na hora de ter idéias inovadoras, de “pensar fora da caixa” como dizem por aí.

Não adianta estar dentro da caixa, fazer tudo dentro da caixa e pensar fora dela! Não faz sentido!

 

Boa sorte, boas idéias, boa vida!


.fernandoprado

Por que o seu Feed do Instagram precisa melhorar agora!?

O Instagram

é seu e você faz o que bem entender! Certo? Certo! Certíssimo! Tendo isso dito e entendido, vamos passar para o próximo passo, você seguiu, digamos, 20 contas novas no Instagram, e espera de que elas visitem o seu perfil e que sigam você de volta, mas quando você vai conferir, somente 5 das 20 estão te seguindo, isso é chato não é mesmo? Portanto como ter mais beleza no seu feed, mais harmonia por assim dizer e aumentar as chances de ter a sua conta ainda mais seguida? Veja só estes exemplos abaixo, perceba como estão harmônicos, como é gostoso olhar para eles! Vamos às dicas encontradas na rede!

 

Os PROs orientam

Passo 1: Perceba as cores principais em cada foto individual.
Passo 2: Agora perceba os elementos em cada foto individual.
Passo 3: Não deixe fotos muito parecidas, próximas. Espace estas fotos.

 

EDITE SUAS FOTOS

Você não precisa postar nem a primeira e única foto que você fizer, assim como não precisa e não deve postar qualquer foto sem alguma edição, veja, nada é tão perfeito que não mereça um ajuste.

Com muita calma nessa hora, brinque com o Brightness, Contraste, Saturação e Sombras e antes que você me pergunte qual App usar, saiba que estes controles você tem no editor de fotos do Android e do iPhone. Mas se mesmo assim você quiser baixar um App, sugiro o Facetune ou o SnapSeed.

SEU INSTAGRAM, TERÁ UM TEMA

Escolher um tema é algo que dá estilo aos Instagrammers ditos profissionais. Fotografar elementos semelhantes dão harmonia ao seu feed, desde algo mais branquinho, ao Nude, Tons Pastéis, Mais escuro e contrastado, tudo isso dá identidade visual ao seu álbum. Pense no Instagram a partir de agora, não como fotos individuais, mas sim como um grande álbum, tudo precisa seguir uma linha.

PLANEJE AS POSTAGENS

Se você quer ter um visual mais limpo e harmônico no Instagram, esqueça essa mania de postar tudo aquilo que você fotografa e no momento exato que a “coisa” acontece! Isso é passado para você, seu presente se resume em planejamento! Existem Applicativos para isso, como o Planoly, Unum e Mosaico, por exemplo. Ali você vai brincar com o instagram e vai planejar suas novas postagens, ver quais fotos ficam melhor perto das outras e no APP do Instagram propriamente dito, você vai subindo as postagens, de acordo com seu planejamento prévio. E atenção NÃO É POSSÍVEL ALTERAR A ORDEM DE FOTOS JÁ POSTADAS NO INSTAGRAM! Seu planejamento é para o futuro!!!

 

 

MANTER UM PADRÃO

Manter um padrão é interessante porque primeiro proporciona novidade ao seu seguidor, ele verá sempre algo diferente, ao invés de duas selfies direto, ou três posts identicos na sequência! Portanto muitos instagrammers preferem criar um mapa de postagens, usando tópicos e estes títulos orientam suas próximas postagens, veja e se inspire em algumas das idéias que trouxemos aqui:


 

Digital Influencers: Alguns erros Comuns ao Contrata-los!

Quem são eles?

Os Digital Influencers são, em suma, pessoas que tem seguidores, engajamento e nicho de mercado on line, seja em um Blog, em um Vlog – um Canal do Youtube – ou no Instagram, por exemplo. São pessoas que têm opinião sobre um nicho de mercado, postam sempre conteúdos interessantes e transformaram suas paixões em profissão.

Foi natural a transição da mídia tradicional para estes Influencers, uma vez que tê-los em seu evento, lançamento de produto, coquetel, etc … os torna de alguma forma embaixadores da sua marca, mas para evitar os mal entendidos que podem vir a acontecer, vamos repassar um por um.

 

 

O que eu quero!?

Você quer, por exemplo, lançar um produto e fará um coquetel para fazer com que muitas pessoas saibam do seu produto. Ótimo! Você decidiu colocar, entre os convidados, vários Digital Influencers, lembre-se que a partir deste ponto você precisa definir estratégias.

Qual é meu nicho de mercado? Quais são os Digital Influencers da minha região que se envolvem de alguma forma com meu tema? Veja, que não é que seja uma regra fixa chamar apenas os Influencers do seu nicho, mas convenhamos que chamar Instagramers Fitness para o lançamento de um produto “gordice” não é muito interessante, na verdade é um contra senso.

É claro, que você pode chamar pessoas, pelo bom relacionamento da sua marca, podem ser seus conhecidos, amigos e isso pode ser levado em consideração na hora de organizar a lista de convidados, mas estamos tratando aqui, de uma lista específica.

 

O que eu quero, PARTE 2!

Quero apenas convidá-los para estar lá comigo neste lançamento! Ok! Se é isso, tenha claro em sua cabeça, que estas pessoas podem postar OU NÃO POSTAR, direto do seu evento. Isso fica a cargo deles, da vontade deles, se fizerem, ótimo, é chamado de Mídia Espontânea, mas se não fizerem, você, como empresário, não tem o direito de achar que eles não fizeram seu trabalho, ou mesmo ficar chateado com isso. Eles eram apenas seus convidados e não tinham nenhuma obrigação comercial com você ou seu evento.

ou …

Quero convidar vários influencers para estarem comigo no evento, mas quero selecionar dois ou três para repercutirem o evento, isso pode significar que eles podem postar um dia antes, uma semana antes, antecipando o evento, podem fazer Insta Stories direto do evento, podem entrar ao vivo de lá, podem postar em sua timeline, ou escrever para um blog, isso é trabalho e será cobrado de você.

 

Como escolher o Digital Influencer?

Esqueça o critério “milhões de seguidores”, porque com a profusão dos nichos, hoje está todo mundo espalhado, ou seja, existem Digital Influencers com 15 mil seguidores e que fazem a diferença em seu nicho assim como os de 1 milhão de seguidores.

A questão não é quem tem mais, até porque hoje é muito fácil comprar seguidores, curtidas e até mesmo visualizações de vídeos no Youtube, basta jogar esses dados no Google, e encontrar pacotes para comprar. Portanto, você como empresário, não se iluda com as quantidades de seguidores, muitas vezes isso não representa uma audiência real.

Escolha seu Digital Influencer para sua campanha de midia, pela relevância dele na cidade, na sua região e nos engajamentos que ele proporciona na internet, confira se este Influencer se comunica bem, caso você precise de um porta-voz, ou se fotografa bem, caso seja uma campanha baseada na imagem dele, se ele domina algum assunto, tudo isso conta na hora de ter alguém representando sua marca.

 

Um Digital Influencer substitui a mídia tradicional?

Não! Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa! (rs). Veja, a internet trouxe a idéia de nichos, temas específicos, pessoas podem ser muito conhecidas por internautas de moda e não por internautas que buscam culinária por exemplo e vice-versa.

Portanto, trabalhar com um digital é falar com uma audiência específica, se você tem bala na agulha, teste também, ao mesmo tempo, as mídias tradicionais, como TV, RÁDIO e IMPRESSO, se não tiver tanto recurso assim, vá aos poucos, organize sua comunicação durante o ano e vá investindo aos poucos, alternando as mídias.

Outro erro muito comum entre empresários, é fazer mídia com um Digital Influencer e querer que o telefone de sua loja toque imediatamente, ou que as vendas aumentes agressivamente, da noite para o dia, de uma semana para outra.

Veja, se nem fazendo televisão em horário nobre te garante isso, imagine via internet para nichos específicos.

Tenha calma! Vale a pena trabalhar com Influencers, mas pense em médio a longo prazo para resultados que se mantenham, é fundamental desenhar uma estratégia de comunicação na sua empresa onde a marca tenha manutenção, que seja falada e portanto lembrada por muito tempo.

 

E não se esqueça de montar um contrato com seu Digital Influencer, onde conste o que você está comprando ( o uso de imagem dele, se é audio, foto ou vídeo, se são posts, quantos e quando, etc…), o que ele está vendendo e por quanto tempo, mas isso eu falo no próximo post.

Em poucas palavras…

  1. Faça uma lista dos Influencers da sua região, selecione nicho e critério de escolha desta pessoa.
  2. Não exija o que não foi combinado, como posts e fotos, se não foi “pago” por exemplo.
  3. Estabeleça tempo, duração e especificidades das parcerias.
  4. Não exija postagens de um grupo de “simples” convidados do seu evento.
  5. Muitos seguidores e Muitas Curtidas nem sempre significam real audiência.
  6. Cada mídia tem sua função, a tradicional tem seu espaço e as novas mídias também, separe as coisas.
  7. Não se frustre querendo que o telefone toque já no outro dia, vendendo milhões de reais em sua loja.
  8. Construa um planejamento de comunicação com seus influencers.
  9. Tenha tudo em contrato.
  10. Parcerias ( no próximo post )

 

Abraços!

 

Pesquisa aponta que o brasileiro lidera uso de apps por dia, mas essa liderança exige cuidados dos usuários

Os brasileiros acessam aproximadamente 11 aplicativos por dia em seus tablets e celulares, gastando 180 minutos diários nos apps de acordo com estudo realizado em 9 países pelo App Annie, divulgado no site Olhar Digital. Segundo a publicação, em 2015 o brasileiro passava pouco mais de 150 minutos por dia nos apps e no início deste ano foi registrado um crescimento desta permanência em 30%. Esses números servem como alerta para cuidados necessários por parte dos usuários e revela oportunidades para empreendedores, de acordo com o engenheiro de software e diretor de engenharia da CroSoften Tecnologia, Rafael Melo.

As pessoas estão acostumadas com o uso de dispositivos móveis, principalmente o celular, que possivelmente nem percebem que utilizam tantos aplicativos diariamente e ficam até 3 horas com o tempo ocupado nesta utilização ao longo do dia. De acordo com o engenheiro de software, esta nova utilização dos celulares revela a importância na hora de fazer a compra de um aparelho, pois para que atendam as necessidades dos usuários devem ser observados alguns requisitos. “A cada dia, surgem novos apps para os mais variados fins, somados aos já tradicionais e conhecidos de redes sociais, bancos e comunicação. É grande o número de pessoas que utilizam aplicativos para leitura, estudos, paquera, controle de contas e até atividades físicas. O que muitos não se atentam é que esses aplicativos ocupam espaço em sua instalação e exigem memória para utilização, por isso na compra de um celular ou tablet é preciso imaginar o que vai utilizar para fazer a melhor escolha com o custo/benefício adequado”, alerta Rafael Melo.

De acordo com o estudo do App Annie, o tempo total gasto de 3 horas é dividido em diversos aplicativos e não apenas em um ou outro. A pesquisa aponta que na maior parte dos países analisados, apenas 20% do tempo é gasto com os apps mais baixados, como o Facebook e o WhatsApp. “É preciso lembrar ainda que, além dos apps, a maioria dos usuários tem grande quantidade de fotos e arquivos que são baixados e recebidos em apps de mensagens também e tudo isso ocupa espaço e gasta memória”, ressalta.

Com as pessoas cada vez mais vez envolvidas no uso dos aplicativos, a quantidade instalações tem crescido e, ainda segundo a pesquisa, em 2016 foram baixados mais de 90 bilhões de apps para Android e iOS nas lojas oficiais. Essa quantidade indica também o crescimento de opções em aplicativos. “Temos visto a cada dia o surgimento de um novo app que tem algo interessante a oferecer. Solicitar um meio de transporte, adquirir produtos e serviços, lazer, tudo pode ser feito por meio dos aplicativos e com isso quem tem uma boa ideia pode também se tornar um grande empreendedor neste mundo virtual”, analisa Rafael Melo, ao lembrar que a busca por consultoria sobre como desenvolver e lançar aplicativos também tem crescido. “Muitas pessoas tem ideias, mas não sabem como fazer, daí nos procuram para saber qual o caminho. No entanto, ter a ideia não é suficiente para conseguir lançar um app e conquistar o público. Isso não é bem assim, é preciso uma pesquisa, estudos direcionados e estratégias para atingir bons resultados. Para isso existem consultorias em tecnologia e negócios, como as que fazemos”, conclui o engenheiro.

Open chat
1
Contato apenas para orçamentos.
Contato apenas para orçamentos.