Viviane Taliberti foi homenageada pela diretoria do Tribanco em concerto no Teatro Municipal de Uberlândia-MG.

A noite da última sexta-feira (30/10) foi especial para o Concertos Tribanco. O evento realizado no Teatro Municipal de Uberlândia-MG contou com a casa cheia, onde o público pôde, além de apreciar o talento e a música do violinista italiano, Alessandro Borgomanero, e do violonista brasileiro, Eduardo Meirinhos, prestigiar a proponente e diretora artística do projeto, Viviane Bodaczny Taliberti, que foi homenageada pelo Tribanco – banco do Sistema Integrado Martins – SIM por ter sua tese de doutorado aprovada, recentemente, para fazer parte do acervo da biblioteca do Museu de Beethoven, em Bonn, na Alemanha.
Antes do início do concerto, Taliberti foi convidada pelo diretor de administração e crédito do Tribanco, Marco Túlio da Silva, para subir ao palco e foi surpreendida com a homenagem. “Para nós do Tribanco é motivo de muita honra contar com a parceria, ao longo desses 13 anos, desta grande profissional, competente e querida, que tão bem cuida do ‘Concertos Tribanco’ e que agora tem sua tese de doutorado reconhecida pelo Museu de Beethoven, em Bonn. Receba o nosso reconhecimento por mais essa conquista, pois sabemos o quanto ela é importante para a sua carreira. Deixamos também os nossos agradecimentos e carinho, Viviane, por tanta dedicação ao ‘Concertos Tribanco’ que se tornou a referência na área cultural da cidade de Uberlândia”, ressaltou.
Além de proponente e diretora artística do “Concertos Tribanco”, Viviane Taliberti é professora do departamento de música do Instituto de Artes da Universidade Federal de Uberlândia – UFU. No ano passado, ela concluiu o doutorado pela Escola de Comunicação e Artes (ECA) da Universidade de São Paulo e sua tese, intitulada Trio op. 97, “Arquiduque”, de Beethoven: uma análise interpretativa, foi construída com base em muitas pesquisas e consultas em diversos museus bibliotecas da Europa, mas um desses espaços teve um significado muito especial para Viviane. “Tive a honra e o privilégio de ter acesso ao manuscrito do Trio op. 97 de Beethoven, que se encontra na Biblioteca Jagiellónska de Cracóvia, na Polônia.
É indescritível a emoção de ter nas mãos uma obra escrita há mais de 200 anos, por um dos maiores gênios da música ocidental”, destaca. Agora, um ano após a defesa de seu trabalho de doutorado, Viviane vivencia outra realização. “Fiquei muito honrada e feliz por minha tese ser reconhecida para compor o acervo da biblioteca da Beethoven-Haus em Bonn.  Acho que essa foi a coroação de uma etapa concluída, após 4 anos de dedicação à minha tese de doutorado”, comemora.
A versão em inglês do trabalho foi entregue pessoalmente por Viviane à diretora da biblioteca do museu, Friederike Grigat, no dia 26 de setembro, e agora faz parte do acervo daquela instituição, sendo uma referência para pesquisas sobre Beethoven.
A tese estará disponível também, até o final do mês de outubro, para consulta online, no site do museu: www.beethoven-haus-bonn.de. “A obra de Beethoven sempre foi para mim uma grande fonte de inspiração. E agora, após a conclusão deste trabalho, estou vivendo um momento profissional muito especial, tanto como pianista, professora, pesquisadora e também como proponente de um projeto como o ‘Concertos Tribanco’, do qual tenho o maior orgulho de representar, por se sustentar num tripé que sempre acreditei: oportunizar o acesso à cultura – através dos concertos -; acesso gratuito em atividades didático-pedagógicas – através de master classes, oficinas, palestras para a comunidade musical da cidade -; e a união de ações culturais com o compromisso e responsabilidade social (concertos didáticos em instituições carentes e doação de alimentos arrecadados nos concertos para essas instituições). Este foi o projeto que sempre sonhei”, conclui.

Categorias: Leia Também

Deixe uma réplica

Seu email não pode ser publicado.