TRANSFORMAÇÃO DIGITAL É TEMA DE CURSO PROMOVIDO PELA APP UBERL NDIA

Incentivar empreendedores, empresários e profissionais de diversos segmentos da economia a refletir sobre a necessidade de repensar os negócios a partir dos impactos que a tecnologia provoca no comportamento da sociedade, sobretudo no mercado. Esse é um dos objetivos do Programa em Gestão Empresarial que a APP Uberlândia traz para a cidade, em que consultores empresariais renomados, do Brasil e do exterior, vão promover reflexões e debates para gerar insights sobre como crescer e gerar negócios com a transformação digital.   

O Programa está estruturado em seis módulos, com periodicidade quinzenal, entre 16 de agosto e 24 de outubro. O fechamento será realizado no 5o Fórum de Criatividade e Marketing, previsto para novembro. Associados da APP e estudantes possuem desconto no valor da inscrição que já pode ser realizada no site da APP: www.appudi.com.br.

Para José Geraldo Gomes, publicitário que coordena o programa, a proposta é gerar um desconforto positivo, mostrando que por meio de novas práticas de gestão existentes no contexto digital, é possível que empresas se reinventem e encontrem novas possibilidades de crescimento. “Os participantes poderão trazer seus cases empresariais, seus projetos corporativos, que serão discutidos conjuntamente. O programa tem um formato bem prático, para que todos consigam encontrar respostas pragmáticas até o final do curso”, conta José Gomes.

DATAS TEMA
16/8 Big Lessons: o que as melhores estratégias digitais no mundo nos ensinam.
29/8 Business Analytics: usando dados para insights poderosos sobre o comportamento de seus clientes e mercado
12/9 Tendências: Como a transformação digital pode impactar seus negócios.
26/9 Inteligência Competitiva Digital: acelerando a transformação de seu negócio
10/10 User Experience: A jornada de experiência do cliente como estratégia nos negócios
24/10 Go to Digital: transformando seu negócio na prática.
08/11 Fórum de Criatividade e Marketing

Está sem ideias!? Veja como ter algumas boas …

Como assim, tenha idéias?

Segundo o site Psycology Now, algumas das idéias mais rentáveis no mundo foram tomadas de forma “padronizada”, quer um exemplo? Os Beatles ou mesmo a escritora Agatha Christie. No primeiro caso, Paul McCartey disse certa vez “Essa co-autoria entre John e eu funcionava assim, Jhon sempre vinha com o primeiro verso da música, que era tudo o que a gente precisava. Ele vinha com o padrão, com o modelinho pronto.” E o mesmo aconteceu com as mais de 60 histórias que Agatha escreveu, sempre baseado em um modelo, um “template”.

“Não tenha medo de ter idéias ruins, Ruim é não ter idéias.”

A exigência pessoal pela ideia perfeita é a arma mais poderosa para te deixar parado, sem fazer nada! Pense nisso, não procure a perfeição, procure a ação, fazer qualquer coisa, muitas vezes é melhor, do que não fazer NADA! Permita-se criar, mesmo que sejam “bobagens”, estas “bobagens” vão liberar seu potencial criativo.

Não é atoa que as crianças criem o tempo todo, elas estão disponíveis ao jogo, à brincadeira e ao senso crítico liberado para o erro e a experimentação, por isso elas podem e conseguem permanecer em um estado de criação tão intenso e por tanto tempo.

Começando pelo Começo!

Vamos fazer uma experimentação agora? O que acha!? O livro “Creative Breakthoughs” de Bryan W. Mattimore traz ferramentas poderosas ( minha dica: tente todas!!! Isso já é querer dar um passo em direção à criatividade.) :

  1. Pior Ideia: Tenha primeiro as piores idéias sobre seu problema ou seu tema em questão, pensou? Nas piores, naquelas que você não faria de forma alguma! Ótimo, agora reverta elas para o contrário destas piores ideias, ou seja, tente encontrar inspiração nestas péssimas ideias, conseguindo chegar às boas ideias.
  2. A Ideia Perfeita: Pense como um grande “desejo”, se fosse possível desejar as melhores possibilidades para essa sua tarefa, o que seria? quais elementos estariam, existiriam para fazer essa sua ideia principal acontecer? Pense no impossível mesmo, nas melhores soluções, depois e somente depois de ter feito isso, você passa a adicionar elementos de viabilidade, praticidade e realidade nesta ideia. Mas veja, só funcionará se você passar pela primeira parte antes, criando a ideia perfeita.
  3. Questionamentos: É muito comum termos premissas sobre nossas idéias, elas podem nos “travar” impedindo que seu processo continue, portanto, faça uma lista delas, tire-as da sua cabeça, feito isso, agora A PARTIR DELAS crie novas idéias.
  4. Imagens de Ignição: São pontos de partida segundo o autor, para algumas pessoas, ver imagens, pode iniciar um processo de imaginação e de pensamento criativo por associação, ou seja, você vê uma foto, uma pintura, desenho entre outros e começa a partir desta imagem, a pensar em ideias parecidas, partindo das suas associações internas, isso pode ser muito rico! Jogar uma palavra no Google imagens já pode te ajudar muito.

Agradeço a Susan K. Perry por partes do artigo que traduzi livremente aqui.

Seja Observador/a

Criativos são pessoas observadoras, que estão em consonância com seu tempo. Idéias muito boas não vêm do “nada”, pelo contrário, elas vêm do “tudo” de tudo que está acontecendo à sua volta, portanto, faça outro exercício, coloque-se em movimento no seu bairro, na sua cidade, mesmo que seja na sua rua! Ande por aí, observando tudo, o comportamento das pessoas, dos animais, das “coisas”.

Leia mais livros! Mesmo que sejam digitais, não importa, leia mais!!! As pessoas hoje, leem MENOS, seja a diferença!

Conheça outros círculos de pessoas! Mesmas pessoas, mesmas idéias!

Para muitos, a meditação assim como manter um diário são processos fundamentais na hora de ter idéias inovadoras, de “pensar fora da caixa” como dizem por aí.

Não adianta estar dentro da caixa, fazer tudo dentro da caixa e pensar fora dela! Não faz sentido!

 

Boa sorte, boas idéias, boa vida!


.fernandoprado

Por que o seu Feed do Instagram precisa melhorar agora!?

O Instagram

é seu e você faz o que bem entender! Certo? Certo! Certíssimo! Tendo isso dito e entendido, vamos passar para o próximo passo, você seguiu, digamos, 20 contas novas no Instagram, e espera de que elas visitem o seu perfil e que sigam você de volta, mas quando você vai conferir, somente 5 das 20 estão te seguindo, isso é chato não é mesmo? Portanto como ter mais beleza no seu feed, mais harmonia por assim dizer e aumentar as chances de ter a sua conta ainda mais seguida? Veja só estes exemplos abaixo, perceba como estão harmônicos, como é gostoso olhar para eles! Vamos às dicas encontradas na rede!

 

Os PROs orientam

Passo 1: Perceba as cores principais em cada foto individual.
Passo 2: Agora perceba os elementos em cada foto individual.
Passo 3: Não deixe fotos muito parecidas, próximas. Espace estas fotos.

 

EDITE SUAS FOTOS

Você não precisa postar nem a primeira e única foto que você fizer, assim como não precisa e não deve postar qualquer foto sem alguma edição, veja, nada é tão perfeito que não mereça um ajuste.

Com muita calma nessa hora, brinque com o Brightness, Contraste, Saturação e Sombras e antes que você me pergunte qual App usar, saiba que estes controles você tem no editor de fotos do Android e do iPhone. Mas se mesmo assim você quiser baixar um App, sugiro o Facetune ou o SnapSeed.

SEU INSTAGRAM, TERÁ UM TEMA

Escolher um tema é algo que dá estilo aos Instagrammers ditos profissionais. Fotografar elementos semelhantes dão harmonia ao seu feed, desde algo mais branquinho, ao Nude, Tons Pastéis, Mais escuro e contrastado, tudo isso dá identidade visual ao seu álbum. Pense no Instagram a partir de agora, não como fotos individuais, mas sim como um grande álbum, tudo precisa seguir uma linha.

PLANEJE AS POSTAGENS

Se você quer ter um visual mais limpo e harmônico no Instagram, esqueça essa mania de postar tudo aquilo que você fotografa e no momento exato que a “coisa” acontece! Isso é passado para você, seu presente se resume em planejamento! Existem Applicativos para isso, como o Planoly, Unum e Mosaico, por exemplo. Ali você vai brincar com o instagram e vai planejar suas novas postagens, ver quais fotos ficam melhor perto das outras e no APP do Instagram propriamente dito, você vai subindo as postagens, de acordo com seu planejamento prévio. E atenção NÃO É POSSÍVEL ALTERAR A ORDEM DE FOTOS JÁ POSTADAS NO INSTAGRAM! Seu planejamento é para o futuro!!!

 

 

MANTER UM PADRÃO

Manter um padrão é interessante porque primeiro proporciona novidade ao seu seguidor, ele verá sempre algo diferente, ao invés de duas selfies direto, ou três posts identicos na sequência! Portanto muitos instagrammers preferem criar um mapa de postagens, usando tópicos e estes títulos orientam suas próximas postagens, veja e se inspire em algumas das idéias que trouxemos aqui:


 

Digital Influencers: Alguns erros Comuns ao Contrata-los!

Quem são eles?

Os Digital Influencers são, em suma, pessoas que tem seguidores, engajamento e nicho de mercado on line, seja em um Blog, em um Vlog – um Canal do Youtube – ou no Instagram, por exemplo. São pessoas que têm opinião sobre um nicho de mercado, postam sempre conteúdos interessantes e transformaram suas paixões em profissão.

Foi natural a transição da mídia tradicional para estes Influencers, uma vez que tê-los em seu evento, lançamento de produto, coquetel, etc … os torna de alguma forma embaixadores da sua marca, mas para evitar os mal entendidos que podem vir a acontecer, vamos repassar um por um.

 

 

O que eu quero!?

Você quer, por exemplo, lançar um produto e fará um coquetel para fazer com que muitas pessoas saibam do seu produto. Ótimo! Você decidiu colocar, entre os convidados, vários Digital Influencers, lembre-se que a partir deste ponto você precisa definir estratégias.

Qual é meu nicho de mercado? Quais são os Digital Influencers da minha região que se envolvem de alguma forma com meu tema? Veja, que não é que seja uma regra fixa chamar apenas os Influencers do seu nicho, mas convenhamos que chamar Instagramers Fitness para o lançamento de um produto “gordice” não é muito interessante, na verdade é um contra senso.

É claro, que você pode chamar pessoas, pelo bom relacionamento da sua marca, podem ser seus conhecidos, amigos e isso pode ser levado em consideração na hora de organizar a lista de convidados, mas estamos tratando aqui, de uma lista específica.

 

O que eu quero, PARTE 2!

Quero apenas convidá-los para estar lá comigo neste lançamento! Ok! Se é isso, tenha claro em sua cabeça, que estas pessoas podem postar OU NÃO POSTAR, direto do seu evento. Isso fica a cargo deles, da vontade deles, se fizerem, ótimo, é chamado de Mídia Espontânea, mas se não fizerem, você, como empresário, não tem o direito de achar que eles não fizeram seu trabalho, ou mesmo ficar chateado com isso. Eles eram apenas seus convidados e não tinham nenhuma obrigação comercial com você ou seu evento.

ou …

Quero convidar vários influencers para estarem comigo no evento, mas quero selecionar dois ou três para repercutirem o evento, isso pode significar que eles podem postar um dia antes, uma semana antes, antecipando o evento, podem fazer Insta Stories direto do evento, podem entrar ao vivo de lá, podem postar em sua timeline, ou escrever para um blog, isso é trabalho e será cobrado de você.

 

Como escolher o Digital Influencer?

Esqueça o critério “milhões de seguidores”, porque com a profusão dos nichos, hoje está todo mundo espalhado, ou seja, existem Digital Influencers com 15 mil seguidores e que fazem a diferença em seu nicho assim como os de 1 milhão de seguidores.

A questão não é quem tem mais, até porque hoje é muito fácil comprar seguidores, curtidas e até mesmo visualizações de vídeos no Youtube, basta jogar esses dados no Google, e encontrar pacotes para comprar. Portanto, você como empresário, não se iluda com as quantidades de seguidores, muitas vezes isso não representa uma audiência real.

Escolha seu Digital Influencer para sua campanha de midia, pela relevância dele na cidade, na sua região e nos engajamentos que ele proporciona na internet, confira se este Influencer se comunica bem, caso você precise de um porta-voz, ou se fotografa bem, caso seja uma campanha baseada na imagem dele, se ele domina algum assunto, tudo isso conta na hora de ter alguém representando sua marca.

 

Um Digital Influencer substitui a mídia tradicional?

Não! Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa! (rs). Veja, a internet trouxe a idéia de nichos, temas específicos, pessoas podem ser muito conhecidas por internautas de moda e não por internautas que buscam culinária por exemplo e vice-versa.

Portanto, trabalhar com um digital é falar com uma audiência específica, se você tem bala na agulha, teste também, ao mesmo tempo, as mídias tradicionais, como TV, RÁDIO e IMPRESSO, se não tiver tanto recurso assim, vá aos poucos, organize sua comunicação durante o ano e vá investindo aos poucos, alternando as mídias.

Outro erro muito comum entre empresários, é fazer mídia com um Digital Influencer e querer que o telefone de sua loja toque imediatamente, ou que as vendas aumentes agressivamente, da noite para o dia, de uma semana para outra.

Veja, se nem fazendo televisão em horário nobre te garante isso, imagine via internet para nichos específicos.

Tenha calma! Vale a pena trabalhar com Influencers, mas pense em médio a longo prazo para resultados que se mantenham, é fundamental desenhar uma estratégia de comunicação na sua empresa onde a marca tenha manutenção, que seja falada e portanto lembrada por muito tempo.

 

E não se esqueça de montar um contrato com seu Digital Influencer, onde conste o que você está comprando ( o uso de imagem dele, se é audio, foto ou vídeo, se são posts, quantos e quando, etc…), o que ele está vendendo e por quanto tempo, mas isso eu falo no próximo post.

Em poucas palavras…

  1. Faça uma lista dos Influencers da sua região, selecione nicho e critério de escolha desta pessoa.
  2. Não exija o que não foi combinado, como posts e fotos, se não foi “pago” por exemplo.
  3. Estabeleça tempo, duração e especificidades das parcerias.
  4. Não exija postagens de um grupo de “simples” convidados do seu evento.
  5. Muitos seguidores e Muitas Curtidas nem sempre significam real audiência.
  6. Cada mídia tem sua função, a tradicional tem seu espaço e as novas mídias também, separe as coisas.
  7. Não se frustre querendo que o telefone toque já no outro dia, vendendo milhões de reais em sua loja.
  8. Construa um planejamento de comunicação com seus influencers.
  9. Tenha tudo em contrato.
  10. Parcerias ( no próximo post )

 

Abraços!

 

5 Hábitos que pessoas Emocionalmente Inteligentes tem em comum!

artigo original em inglês by Jenny Machal

 


O que significa ser emocionalmente inteligente?

Muitos de nós diz por aí que estamos em contato com nossas emoções, mas o que traduz isso em nossa inteligência social para com os outros? A ideia é que a inteligência emocional não é apenas reconhecida e identificada com nossas próprias emoções, mas também com a capacidade de lidarmos com os sentimentos dos outros.

Isso é crucial para construir relacionamentos que duram, com aqueles ao nosso redor, enquanto gerenciamos nossas próprias emoções de forma saudável, com isso em mente, vamos conferir os cinco hábitos que podem ser identificados em pessoas emocionalmente inteligentes.

1. Eles sabem pedir ajuda

Pedir ajuda é força, não fraqueza! Auto-Confiança tem tudo a ver com inteligência emocional. Enquanto muitos pensam que pedir ajuda é sinal de fraqueza isso significa apenas que a pessoa é insegura e teme o julgamento dos outros. Quem é seguro de si, entende suas próprias forças e limitações, entendem que não dominam tudo.

2. São capazes de lidar com problemas de comunicação

 

E mais … de forma calma! Quando se tem problemas de comunicação com as pessoas, incluindo os mais próximos, ficamos frustrados e isso nos leva a perder a paciência. Ter a habilidade de ficar calmo e paciente, enquanto lida com desafios da comunicação é um sinal claro de inteligencia emocional.

3. Discutem conflitos objetivamente e de forma clara

Discussões podem trazer o que há de pior nas pessoas. Pode causar frustração e o sentimento de que você não está sendo entendido e aceito, mas é necessário entender a necessidade de ser entendido sem se fazer passar por arrogante. De forma clara e objetiva, explicar o conflito e esclarece-lo.

4. Lidam com feedback negativo de forma positiva

Como assim? Bem, receber um feedback negativo não é algo legal, ficamos inseguros e na defensiva. Contudo, focar nos fatos transforma a situação e podemos enxergar a crítica como crescimento. Não significa não ter sentimentos e sem processar esta negatividade de forma rápida para buscar a compreensão da opinião das outras pessoas.

5. Compreender a Falha

Auto-confiança é a chave quando se trata de lidar com problemas. A importância disso é que você se mantém boiando mesmo quando a vida tenta te afundar, e os inteligentes emocionais sabem disso. Portanto aprender mais sobre nossas emoções pode nos propulsionar para frente. Tendo mais pensamentos estáveis e conseguindo enxergar perspectivas.

 

38% dos profissionais gastam mais de 1 hora no Whatsapp

No mundo corporativo, é comum as empresas liberarem o uso das redes sociais. Algumas até trabalham diretamente com essa ferramenta. Muitos negócios são fechados pelos facilitadores do Facebook e o Whatsapp. Mas, é preciso cuidado para não extrapolar, em especial quando o uso é liberado, mas o trabalho não depende desses meios para se comunicar!!!

 

O problema é quando ocorre o uso desenfreado das ferramentas. De acordo com a analista comportamental, Hérica Santos, o uso pessoal excessivo de aplicativos no ambiente corporativo vem trazendo prejuízos às empresas. “Para ajudar os funcionários a focarem no trabalho, algumas empresas limitam o acesso a determinados sites, por exemplo, para não prejudicar o cumprimento das tarefas. Isso é assegurado por lei e pode gerar punição, caso o colaborador não respeite as regras, mas hoje, com wifi esse controle se torna mais difícil”, explica.

 

Segundo o site de busca de empregos Jobatus, o Whatsapp é o aplicativo que mais impacta a produtividade dos profissionais brasileiros. A enquete realizada mostra que 93,8% das mulheres e 88,3% dos homens afirmaram utilizar o meio de comunicação com fins pessoais enquanto trabalham.

 

No caso de redes sociais, o uso cai para 63% para mulheres e 52% para homens. Do total, 38,2% afirmaram gastar mais de uma hora útil de trabalho em aplicativos no smartphone. Apesar dos números elevados, 28,4% dos usuários acreditam que o uso dessas ferramentas não causa distração e apenas 12% dizem acreditar que essa utilização é prejudicial.

 

De acordo com Hérica Santos, muitas pessoas ficam dispersas, conversam sobre assuntos particulares e perdem muito tempo utilizando esses aplicativos. “Na verdade, um dos grandes problemas que as pessoas enfrentam é não saber gerir o tempo, se organizar para entregar as atividades no trabalho a tempo, então, o mau uso desses aplicativos pode prejudicar o resultado”, afirma.

 

Como identificar um formador de opinião digital?

⇒artigo original em inglês


Digital Influencers

Segundo o artigo da Bia Granja, co-fundadora do youPIX, muitas pessoas perguntam a ela quem são os influenciadoes digitais, quem são, o que fazem, como se reproduzem, do que se alimentam. Por isso ela resolveu criar uma lista que avalia quantitativamente e qualitativamente os influenciadores, nesta tradução para o blog selecionei 12 tópicos, vamos a eles.

  1. Pessoas “da internet” não são INFLUENCIADORES DIGITAIS, eles são influenciadores/formadores de opinião e ponto final. Não se usa mais ON ou OFF line.
  2. Alguem precisa estar constantemente criando conteúdo para influenciar.
  3. E o que define este conteúdo é a paixão e autenticidade envolvida na produção.
  4. Um formador de opinião é alguém que sabe que ele ou ela criou uma marca e deve sustentá-la.
  5. Só existe uma coisa que os influenciadores gostam mais do que seu próprio conteúdo: seus fãs ou comunidade.
  6. Um formador de opinião não é necessáriamente uma celebridade.
  7. Cultura de MAssa não se aplica ao mundo dos formadores de opinião.
  8. Números representam muito pouco, Comunidade é família e isso sim significa representatividade.
  9. Influenciar é sinônimo de ter credibilidade.
  10. Um influente, converte.
  11. Ele/Ela entende as especificidades de cada plataforma digital que ocupa e escolhe a melhor linguagem para comunicar com sua audiência.
  12. Formadores de opinião podem fazer parte de qualquer raça, gênero, crenças, cor, altura, peso e sabor.Eles são o que são e também o que querem ser.

 

Saiba os tamanhos corretos para suas imagens na internet!

Montar materiais para as redes sociais e inclusive email marketing pode ser divertido ao mesmo tempo em que pode te trazer uma grande dor de cabeça! Claro que o conhecimento de design é fundamental para montar peças publicitárias bonitas, mas tudo começa pelo tamanho correto dessas imagens, independente do software que você vai usar para criar suas imagens, segue abaixo alguns tamanhos para você começar bem!

 

CLIQUE NAS IMAGENS PARA ABRI-LAS NOS TAMANHOS EXATOS.

FACEBOOK / FANPAGES
800×800 PX

SocialMedia

INSTAGRAM
640X640 PX
INSTAGRAM

FACEBOOK COVER
851X315

COVER

4 formas de Mudar ou Construir um Hábito

1. Um hábito por vez

As pessoas geralmente querem ter tudo, principalmente quando se trata de desenvolver hábitos. Substituir os maus pelos bons é desejo de muitos, mas ao querer tudo ao mesmo tempo, as chances de falhar, são enormes. Ao falhar perde-se a vontade de tentar uma segunda vez, porque desapontam consigo mesmos. O certo é trabalhar em um hábito por vez, concentrar-se somente naquilo que se quer alcançar, um de cada vez.

2. Começar

Começar é a parte mais difícil e mais importante do processo. Apenas comece! Então tudo entrará no eixo. Não pense muito sobre o assunto, não planeje tudo em muitos detalhes, não espere pela Segunda-Feira, simplesmente faça, comece.

3. Comece Pequeno

Para facilitar as coisas, você deve dividir o habito em partes minúsculas e então começar pelo primeiro passo. Exemplo:  Se você quer se tornar um escritor, a primeira coisa é escrever diariamente. Esse é o primeiro e grande hábito para aqueles que nunca fizeram isso antes e se você começar pequeno, tudo vai transcorrer naturalmente.

Neste exemplo, comece por escrever um parágrafo por dia, vamos dizer que ao acordar ou mesmo antes de ir pra cama, você estabeleça essa meta, de escrever um parágrafo, isso facilitará tudo e aos poucos você vai aumentando esta meta.

4. Seja Consistência ( regra dos 3 dias )

Você perdeu ou se esqueceu de um dia? Sem problemas, isso acontece! Mas não deixe passar de três dias, se você falha por três dias, você perde a motivação, seja consistente.

Foco! Comece Pequeno, Faça! Resultados virão!

 

Artigo Original em Inglês

A arte que não se aguenta na tela! Conheça Shintaro Ohata

O artista Shintaro Ohata esteve em exposição em Tokyo em Junho na YKARI ART CONTEMPORARY. Ele trabalha nesta sessão com a luz e trabalha a composição que começa em 2D na pintura e encontra seu ponto de equilibrio no 3D nas esculturas, confira estas obras de arte:

 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Exif_JPEG_PICTURE

Exif_JPEG_PICTURE
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Exif_JPEG_PICTURE
Open chat
1
Contato apenas para orçamentos.
Contato apenas para orçamentos.