SAÚDE: Bico de papagaio é uma doença que atinge as articulações vertebrais

A osteofitose, termo médico que denomina bico de papagaio, é uma patologia que se caracteriza pelo crescimento anormal de tecido ósseo em torno da articulação das vertebras, em que o disco intervertebral deveria funcionar como amortecedor entre os ossos, mas neste caso está comprometido.

Essas alterações são causadas pela desidratação do disco intervertebral, o que favorece a aproximação das vertebras, comprimindo as raízes nervosas. Os osteófitos podem ser considerados como uma defesa do organismo para absorver a sobrecarga exercida sobre as articulações e estabilizar a coluna vertebral. O nome bico de papagaio, como a doença ficou popularmente conhecida, é devido à semelhança dessa expansão óssea como o bico recurvado da ave.

Além do desgaste natural dos discos intervertebrais, próprio da idade e da predisposição genética, estão entre as causas mais frequentes a má postura, a obesidade e o sedentarismo. Os principais sintomas da doença são: dor forte, limitação dos movimentos, perda da força muscular, da sensibilidade, dos reflexos, e em algumas situações, formigamento.

O fisioterapeuta Renato Pupin, do ITC Vertebral, afirma que “a doença atinge mais as pessoas acima dos 40 anos e o tratamento se dá com relaxamento muscular, alongamento, fortalecimento dos músculos estabilizadores da coluna, tração e descompressão vertebral. A atividade física de baixo impacto pode ser considerada um tratamento, desde que bem indicada e orientada”. O especialista revela ainda, que a patologia sempre vem associada a uma degeneração do disco ou artrose.


por Pedro Porto via KOMPLETA COMUNICAÇÃO

 

Categorias: Destaque

Deixe uma réplica

Seu email não pode ser publicado.