Prorrogadas as inscrições para o Conselho Municipal de Política Cultural População pode pleitear uma vaga até o dia 6 ou 7 de novembro, mediante cada setor Para oferecer mais tempo para a comunidade se preparar, a Secretaria Municipal de Cultura prorrogou o período de inscrições para os interessados em concorrer a uma vaga no Conselho

Prorrogadas as inscrições para o Conselho Municipal de Política Cultural

População pode pleitear uma vaga até o dia 6 ou 7 de novembro, mediante cada setor

Para oferecer mais tempo para a comunidade se preparar, a Secretaria Municipal de Cultura prorrogou o período de inscrições para os interessados em concorrer a uma vaga no Conselho Municipal de Política Cultural. Com o novo prazo, é possível se inscrever até 6 ou 7 de novembro, a depender do segmento artístico do candidato. O edital completo pode ser visto aqui.

Terão vagas garantidas no pleito quem se registrar até as 18h30 do dia 6 novembro para os segmentos de dança; artes e culturas religiosas; artes visuais; circo e culturas tradicionais; artesanato e design; audiovisual; e comunicação social e cultura digital.

Até o mesmo horário, no dia 7, poderão se inscrever representantes de música; teatro; literatura, livros e leituras; consumidores de cultura dos distritos e comunidades rurais; cultura afro-brasileira, indígena, cigana e outras etnias; e espaços culturais e produtores culturais independentes.

As inscrições serão realizadas até quarta-feira, das 12h às 17h, na Secretaria Municipal de Cultura, localizada na Avenida Anselmo Alves dos Santos, nº 600, Bairro Santa Mônica. As assembleias para a escolha dos representantes acontecerão também nos dias 6 e 7 de novembro, na Oficina Cultural, às 20h. Durante esses dias, ainda será possível se inscrever no próprio local de votação, desde que a documentação exigida no edital seja apresentada até as 18h30.

CMPC

O CMPC é um órgão colegiado paritário vinculado à Secretaria Municipal de Cultura, com caráter permanente, consultivo, deliberativo e orientador. Seu objetivo é institucionalizar a relação entre administração municipal e os setores da sociedade civil ligados à cultura. Sua atuação proporciona uma participação da população na elaboração, execução e fiscalização de política cultural.

O grupo é composto por 26 conselheiros titulares, sendo 13 representantes da sociedade civil e a outra metade de membros do poder público (representantes de secretarias municipais, Poder Legislativo, membros do Conservatório de Música Cora Pavan Capparelli, entre outros).

A organização é considerada de extrema importância para o cenário cultural do município. “É um conselho que norteia e dá direcionamento das ações, ajudando no estabelecimento das políticas públicas culturas. É um trabalho construído em conjunto, com participação efetiva da sociedade civil, com acompanhamento e auxílio em nosso trabalho”, destacou a secretária municipal de Cultura, Mônica Debs.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
1
Contato apenas para orçamentos.
Contato apenas para orçamentos.