Mulheres representam 38% do total de empreendedores do Brasil e 42% do total de franqueados em todo o país

A independência das mulheres tem sido expressada em diversos campos da vida, em especial quando o assunto é o empreendedorismo. Muitas têm motivos de sobra para comemorar o dia No Dia Internacional da Mulher, celebrado em 8 de março. De acordo com a Rizzo Franchise, empresa que há mais de 20 anos realiza pesquisas sobre o mercado de varejo e franquias em todo o Brasil e América Latina, atualmente, as mulheres representam 38% do total de empreendedores do Brasil e 42% do total de franqueados em todo o país.  

 

Quem planejou e abriu uma franquia no setor de bufê infantil foi Veridiana Osório. “A escolha pela marca Xuxa, além de dar visibilidade e ajudar pelo forte marketing da franqueadora, os serviços e produtos ofertados têm qualidade. Além disso, por não ter unidades na região, ter uma diversidade de bufê dentro da própria cidade é saudável”, diz.

 

O mercado de festas infantis no Brasil é informal e pouco profissionalizado. A franquia Casa X se destaca dentro desse contexto, com diferencial de não investir somente em infraestrutura, mas também no serviço, principalmente em brinquedos diferentes e inéditos que encantam baixinhos e altinhos e uma equipe de recreação bem treinada para divertir os convidados durante todo o evento.

 

O alto nível em qualidade o coloca um passo a frente, fazendo deste investimento uma alegria não só para os filhos, mas também para os pais, principalmente aqueles que não querem mais fazer festas em casa e procuram uma solução prática e eficaz para realizarem o sonho de seus pequenos.

 

Dedicado às crianças, o setor de buffet infantil ostenta números de gente grande: O mercado de festas infantis cresce, em média, 30% ao ano e  fatura anualmente mais de R$ 300 milhões. Em 2014 foram inauguradas as franquias de Tatuapé (SP), Ponta Grossa (PR), Uberlândia (MG) e Londrina (PR). Em 2015, a Casa X chegou a Brasília (DF), Campos dos Goytacazes (RJ), Anápolis (GO), Balneário Camboriú (SC) e agora Divinópolis (MG). Nesta quinta-feira (10), a Xuxa vai inaugurar mais uma Casa X, dessa vez em Santa Bárbara do Oeste, em São Paulo.

 

 

A expectativa é até o final de 2016 estar com mais 40 a 50 casas funcionando.

 

Outra mulher na lista das franqueadas é Luisa da Cunha Guimarães Coelho da Kopenhagen. Ela disse que antes de abrir franquia, trabalhou em uma empresa de consultoria. “Estou a frente da Kopenhagen do Uberlândia Shopping há 4 anos e não me arrependo porque franquia tem modelo de negócio estruturado e faz com tenhamos segurança. A Kopenhagen é uma marca forte e isso me atraiu”.

 

Gerenciar uma empresa não é para qualquer um. O empreendedor deve se dedicar ao negócio, inclusive no que tange a parte operacional e administrativa. Conhecer a cultura da empresa conta pontos, assim como apresentar capacidade financeira e inovar. Luisa acrescentou que para tomar frente de um negócio para dar certo é preciso estudar e entender sobre gestão. Ela é formada em administração pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e gerencia com propriedade e profissionalismo a franquia. 

 

O Uberlândia Shopping possui 77 franquias, sendo 67 lojas e 10 quiosques. Destes sete lojas é somente de mulher que são proprietárias e estão à frente do negócio como um todo.

Categorias: Destaque,Leia Também

Deixe uma réplica

Seu email não pode ser publicado.