Dia dos Pais: vendas devem crescer 6% para maioria dos comerciantes

O Dia dos Pais está se aproximando e nem é preciso dizer que será necessário um esforço máximo para vender. A economia desacelerou, deixou os consumidores mais cautelosos na hora de tirar a mão do bolso, mesmo assim, os lojistas estão otimistas e esperam que a data ajude a aquecer as vendas, já que é a quarta melhor para o comércio, perdendo para o Natal, Dia das Mães e Dia das Crianças.

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Uberlândia realizou uma pesquisa com o intuito de identificar a expectativa dos empresários do comércio varejista local para o Dia dos Pais 2015. Para vender um pouco mais, 61% dos lojistas realizarão descontos promocionais para atrair os clientes. Alguns dos diferenciais oferecidos serão: descontos e brindes.

Outro dado é que a maioria dos entrevistados (58%) espera aumento nas vendas para o Dia dos Pais. Entre os que estimam crescimento, 18% acreditam que atingirão de 12% a 18%; enquanto 40% aguardam até 6% de crescimento.

A comemoração se dá no segundo domingo de agosto, ainda com as liquidações de artigos de inverno e, consequentemente, preços mais acessíveis. Os empresários (42,9%) apostam que os presentes mais vendidos serão confecções (50%), calçados (17%) e acessórios (10%).

Para aproveitar o período sazonal e vender, de 3 a 8 de agosto o comércio pretende ficar aberto até às 19h.

 Serifa Comunicação

Categorias: Leia Também

Deixe uma réplica

Seu email não pode ser publicado.