Cuidado com a saúde bucal também é essencial para pacientes com câncer

Quando se fala em intervenções oncológicas, muitas pessoas associam apenas ao médico oncologista, porém com toda evolução nos últimos anos, várias outras especialidades foram incorporadas e o tratamento multidisciplinar se tornou essencial. Você sabia, por exemplo, que pacientes em tratamento oncológico precisam de acompanhamento odontológico? Isso mesmo! Pacientes com câncer sofrem com efeitos colaterais na boca, provocados pela radioterapia e quimioterapia.

Conforme Dra. Marília Ferreira Andrade, dentista no COT – Centro Oncológico do Triângulo, a estomatologia é a especialidade que previne, diagnostica e trata as enfermidades relacionadas com a boca e todo aparelho estomatognático que é constituído pelos lábiosdentes, mucosa oral, glândulas salivarestonsilaspalatinas e faringeas e demais estruturas da orofaringe. Segundo a especialista, a avaliação do estomatologista deve ser feita antes mesmo da quimioterapia, radioterapia e cirurgia com a finalidade de prevenir ou diminuir a ocorrência os efeitos colaterais dessas terapias. “Devemos avaliar a saúde bucal do paciente, agindo primeiramente de forma preventiva, pois podemos tratar possíveis focos de infecção e evitar complicações”, explica.

Ainda de acordo com a especialista, devido a intensidade das medicamentações oncológicas, os efeitos colaterais na boca podem aparecer logo após o início do tratamento. “Em geral, pacientes oncológicos apresentam necessidades odontológicas significativas. O objetivo do acompanhamento odontológico especializado é adequar a saúde bucal do paciente para minimizar infecções locais e sistêmicas, durante e após o tratamento do câncer”, conta a especialista.

No COT o serviço de estomatologia auxilia os pacientes que apresentam efeitos colaterais provocados pelos tratamentos de radioterapia e quimioterapia, com o foco na prevenção da mucosite oral, além de orientar melhor os pacientes sobre a perda do paladar transitória, entre outros sintomas como boca seca e infecções oportunistas.

Serifa Comunicação

Categorias: Leia Também

Deixe uma réplica

Seu email não pode ser publicado.