Como escolher o locutor on line certo para o seu video? [ Passo a Passo e 01 bônus! ]

Como escolher a voz certa para seu projeto? Seu locutor on line está a um clique de você!

 

Começando, do começo! Vídeos representam 91% do consumo dos internautas segundo a Invodo & Matilde, portanto é muito bom seguir a tendência e escolher formatos de conteúdo

que se adequem ao seu negócio. Vamos partir do princípio que você já decidiu se seu vídeo é um Institucional ( aquele que fala sobre sua empresa, apresentando

seus diferenciais e benefícios, agregando valor ao negócio ), ou se é um filme para a internet ou TV voltado para o Varejo ( aquele cujo objetivo principal é efetuar uma venda

ou chamar seu potencial cliente para uma ação qualquer ) ou ainda, um se é um vídeo Instrucional ( voltado para a educação, seja um mini curso, curso, treinamento,

tutorial ensinando como operar seu software, plataforma, ou um passo a passo.) por exemplo.

 

1.Tipo de material, definido!

Seu vídeo é INSTITUCIONAL, VAREJO ou EDUCATIVO, certo?

 

Também estou levando em consideração que você já tomou outra decisão, antes de decidir seu locutor ou locutora on line, é necessario saber

se o seu material audiovisual, seu vídeo, é uma animação ( desenho pensado e produzido para alcançar seu objetivo de comunicação) se é um

vídeo cartela ( onde mostre palavras, gráficos e prints das telas do seu software, ou plataforma, fotos estáticas …) ou se tem um apresentador, atores

e imagens captadas em sua empresa. Em outras palavras: é necessário saber o tipo de material se está criando e com qual objetivo.

 

 

2.Comunicação, definida!

Seu vídeo é uma animação, um vídeo cartela ou tem apresentadores?

 

Agora, o que precisamos fazer é escolher a voz que fará seu produto, projeto ou serviço chegar melhor aos ouvidos do seu cliente. Preciso te recordar uma detalhe significativo,

um vídeo é um produto AUDIO VISUAL, parece obvio, mas te garanto quer muitos dos seus concorrentes não pensam nisso quando criam seus materiais e por isso mesmo

você pode sair na frente deles, acelerando processos de forma inteligente e obtendo melhores resultados em seus lançamentos. Por se tratar de um material AUDIO VISUAL,

não pense apenas no VIDEO, mas dê muita importância ao AUDIO, pense comigo agora, em um cenário simples: Imagine você assistindo um vídeo de ótima qualidade, em 4K

com imagens lindas, mas o que o apresentador fala está com ruídos, problemas, chiados. A música é muito alta, ou muito baixa, ou não tem nada a ver com o clima do seu filme.

 

 

3.Persona da comunicação, definida!

Imaginou?

Você com certeza, irá ignorar estas imagens muito bonitas e passará o video para frente, procurando – mesmo que inconscientemente – um vídeo com o AUDIO melhor. Portanto,

seu áudio tem 60% de importância, nos 100% do seu vídeo. Agora é a hora de decidir se a trilha está “correta”, de acordo com o seu material e qual será a voz do seu filme. Já

foi-se o tempo, em que as vozes graves e muito locutadas ( aquelas dos locutores “das antigas” ) que lembram, o radio AM, ou os teasers e trailers de filmes, eram as vozes

corretas e únicas para o seu material, aceite: isso é passado!

 

Quer dizer que uma voz grave é ruim para o meu material? CLARO QUE NÃO! Cada filme pede um tipo de voz, e o “cardápio” é imenso. Entretanto, pode ser que seu filme peça uma voz

madura, com mais “jeitão de locutor”, outras campanhas vão requisitar locutores on line com vozes mais macias, jovens, roucas, fortes, impostas, “naturais”, masculinas, femininas, andrógenas. Todas estas

características estão disponíveis e é fundamental que você saiba disso, para procurar e escolher corretamente seu profissional.

 

 

4.Persona da comunicação, definida!

Busque profissionais da voz de acordo com sua mensagem e COM QUEM ESTA FALANDO!

 

Entendeu isso aí? Não!? Te explico: Todo texto publicitário tem uma pessoa oculta que está falando, seu texto por exemplo pode ser um banco explicando sobre investimentos, bem, ótimo!

Mas quem é essa voz? Quem está falando este texto? Se é o gerente do banco, para passar a credibilidade de quem entende deste negócio específico, pensamos em um timbre de voz,

em um tom específico, em uma interpretação, certo? Mas o mesmo texto, pode ser dito pelo Thiago, um usuário jovem do banco, que está dizendo isso para um outro amigo, como em uma

conversa de amigo pra amigo, o texto também pode estar sendo dito pelo CEO do banco para clientes prime, ou pela Luana, uma feirante que se interessa em investimentos, mas não sabe

por onde começar.

 

 

5.Identidade, Timbre e Interpretação!

Quem fala esse texto? Para quem você está falando?

 

Por último, mas não menos importante, quero chamar a atenção para uma questão, quando você for escolher a voz do profissional para locutar seu texto. TIMBRE e INTERPRETAÇÃO! Eu  – que

sou um homem de 40 anos – já recebi pedidos de orçamentos que me diziam ” você faz voz feminina? ” ou ” vou precisar de uma voz bem grossa, voz de impacto mesmo…” … muita calma nessa

hora! Mesmo que um homem tente fazer uma voz feminina, ele usará de “falsetes”, tentará chegar ao máximo, mas nem de longe será uma voz 100% feminina, isso porque existe o TIMBRE, que é

individual e justamente é o que identifica uma voz e seu emissor.

Criando a conexão com a sua marca.

Ao escutar o Fabio Porchat, você sabe de quem se trata, mesmo se não estiver vendo a imagem!

 

O que o identifica é o timbre. Portanto, pedir à locutora publicitária para fazer “voz de homem” ou o locutor publicitário para fazer “voz de mulher” é possível e pode atender à sua necessidade, mas

será um resultado próximo ao caricato, ao engraçado, ao gracioso. E ainda sobre isso, é a “idade da voz”, eu – o autor deste texto –  por  exemplo tenho 40 anos de idade, mas a minha voz está mais ou menos entre 25 e

30 anos de idade. Já a interpretação é outra seara, aí sim, você pode e deve pedir interpretações diferentes aos seus locutores, leia seu texto e imagine quais palavras devem ter mais ênfase, quais

são fundamentais, se em algum momento deve ter uma seriedade maior, ou mesmo, um sorriso, uma brincadeira… tudo isso está dentro da Interpretação!

 

  • SEU VIDEO É UMA ANIMAÇÃO, CARTELA, OU TEM UM APRESENTADOR?
  • É UM INSTITUCIONAL, VAREJO OU EDUCACIONAL?
  • A EXIBIÇÃO É TV, RÁDIO, INTERNET, CINEMA?
  • QUEM É A PERSONA QUE ESTÁ “FALANDO O SEU TEXTO” ?
  • ESCOLHA A VOZ DA SUA IDEIA!

 

6.A gente gosta de bônus!

Para concluir, o bônus desta postagem é que eu selecionei alguns locutores profissionais para que você escute seus portfólios e entenda na prática a diferença entre timbres e os diversos usos da voz na publicidade.

E acima de tudo, como essas vozes podem não apenas “falar” sobre sua marca, mas conectar sua empresa aos seus potenciais clientes e converter anúncios em vendas.

 

Open chat
1
Contato apenas para orçamentos.
Contato apenas para orçamentos.