Artista cego usa textura das tintas e seu senso de toque para criar pinturas incríveis

O artista John Bramblitt é o responsável por essas pinturas, que utilizam as cores com ousadia para produzir imagens vigorosas que brilham com a luz, o calor e as sensações emitidas.

No entanto, há pequeno detalhe. Bramblitt é cego. Aos 30 anos ele perdeu a visão como uma complicação da epilepsia. Antes disso, nunca tinha pintado. Embora possa parecer estranho trabalhar em um meio muito visual após perder a visão, a escolha veio naturalmente para Bramblitt e funcionou muito bem para sua nova condição.

1 bramblitt

2 bramblitt

3 bramblitt

Estes quadros foram criados pelo artista através do toque. Ele também usou sua experiência anterior como uma pessoa com visão, combinando com sua sensibilidade tátil recém-descoberta, para criar pinturas de cores vibrantes e delicadamente detalhadas. Se você não soubesse, jamais imaginaria que o criador por trás dessas peças é cego.

4 bramblitt

5 bramblitt

6 bramblitt

Perder a visão foi, compreensivelmente, um momento difícil na vida de Bramblitt. Ele considera este acontecimento como “o buraco mais profundo e escuro” que já encontrou, e sabia que a única saída era por meio da arte e da criação. Para isso, desenvolveu um método de pintura tátil em que traça um esboço em tinta de secagem rápida. A partir disso, o trabalho é feito usando a textura da tinta como uma maneira de informar o lugar correto dos materiais.

Por outro lado, os tubos de tinta têm rótulos em Braille. Além disso, seus 29 anos de vida com a visão permitem que ele entenda o que os nomes das cores significam. Depois de trabalhar com a pintura por um tempo, Bramblitt descobriu que poderia diferenciar as tintas sozinho, à partir de suas próprias texturas. Isto lhe permite misturá-las para obter um tom preciso.

7 bramblitt

8 bramblitt

9 bramblitt

11 bramblitt

55

Você pode ver mais do trabalho de Bramblitt em site, ou em sua página no Facebook.

Via: Visual News

Categorias: Destaque

Deixe uma réplica

Seu email não pode ser publicado.