Aprenda a identificar se seu ‘pneu’ é gordura ou inchaço

Desconforto, sensação de que está com a barriga pesada e a autoestima lá embaixo. Tanto as pessoas magras quanto as que apresentam algum grau de obesidade já sentiram ou sentem aquele inchaço na região da barriga. “Pneu”, “pança”, “dobrinhas” ou abdômen saliente. Você pode criar a nomenclatura que lhe convir para justificar a sensação de que a algo está errado na região abdominal. Os motivos são vários e com simples exercício você pode conferir se a saliência é gordura ou inchaço.

TESTE RÁPIDO

Com os dedos em pinça, aperte a pele da região que deseja analisar por apenas dois segundos e observe. Caso a marca do dedo permaneça por três segundos, é sinal que há líquido retido nos tecidos periféricos. Se não acontecer, as dobrinhas são provenientes do aumento de gordura. (iTodas)

A gordura localizada é o acúmulo de tecido adiposo em algumas áreas do corpo, como o quadril e o abdômen. Resultado do sobrepeso, o aumento deste tecido gorduroso é reflexo da má alimentação e do sedentarismo. Já a retenção de líquido pode ser causada pelo consumo recorrente de alimentos ricos em sódio, por desequilíbrios hormonais, pelo uso de alguns medicamentos ou por outras alterações no organismo. E esse inchaço é um acúmulo de líquido nos tecidos periféricos.

Gordura x Retenção 2

SUPER DICAS

Não se engane! Se esta acima do peso não seja o próprio vilão em pensar que as dobrinhas e a sensação de estar mais pesado sejam decorrentes de retenção de líquido. Procure ajuda especializada e pense que se você está desconfortável com o corpo é necessário mudar. O corpo não fará nada sozinho. Ajude seu organismo e mude seus hábitos. Tanto a gordura quanto a retenção de líquido podem ter influências diretamente ligadas à sua alimentação.

Em casa, você pode se policiar e eliminar alguns hábitos que influenciam na distensão abdominal. Entenda que os quilos a mais e os pneuzinhos não vão desaparecer milagrosamente, mas você pode se sentir melhor e não ter a sensação de barriga “dura”. Confira a seguir algumas dicas para você aplicar no seu dia a dia:

A postura pode ser um fator importante na hora de perceber e colocar melhor o seu corpo. Manter a coluna ereta , por mais básico que seja, pode ser uma dica eficaz para acabar com aquela barriguinha saliente.

Evite a ingestão de alimentos que fermentam no intestino, como: glúten (farinha), lactose (leite e derivados) e fermento (pão branco ou bolos);

Mastigue bem os alimentos. Comer muito rápido leva a tragar mais ar e não irá saciar logo sua fome.A sensação de saciedade leva entre 20 e 25 minutos para chegar ao cérebro. E se não mastigar corretamente, as enzimas salivares não serão introduzidas na comida. A amilase salivar (essencial para a digestão dos carboidratos) não irá se misturar adequadamente com os carboidratos, provocando uma fermentação desses nutrientes pela flora bacteriana local. Todo esse processo digestivo acelera a formação de gases, levando à distensão abdominal

LegumesFibras e alimentos diuréticos ajudam a desinchar. Alimentos ricos em fibras regulam o intestino. Arroz, cereais e pão integrais, legumes, verduras, carnes magras e frutas devem constar na sua alimentação. Os alimentos diuréticos podem ser ingeridos de várias formas, tanto em receitas sólidas quanto líquidas. A lista é bem camarada: chás, suco de limão, erva doce, melancia, morango, abóbora, agrião, beterraba, cenoura, escarola, berinjela, repolho, salsinha, tomate, broto de feijão, pepino e hortelã.

Água o dia todo! As fibras não são digeridas pelo organismo e, portanto, não são calóricas. Contudo, se você não fizer ingestão regular de água as fibras podem se concentrar e causar efeito reverso: intestino preso. E a sensação de barriga dura pode piorar e causar sintomas como indisposição e até mau humor. Beber água ajuda na digestão das fibras e faz bem ao organismo de várias formas.

LEIA TAMBÉM:

Dicas práticas para fugir do inchaço abdominal.

Soluções naturais para barriga inchada.

Como amenizar a retenção de líquido?

Categorias: Destaque

Deixe uma réplica

Seu email não pode ser publicado.