Problemas de visão afetam mais de 20% das crianças em idade escolar

De acordo com informações da Academia Americana de Oftalmologia, problemas de visão como miopia, hipermetropia, estrabismo e astigmatismo afetam mais de 20% das crianças em idade escolar. Com a volta às aulas o esforço para enxergar também aumenta, podendo levar as crianças a queixarem-se de dor de cabeça e dificuldade de aprendizado. Os pais devem observar os sinais e procurar um oftalmologista para exames mais precisos.

O oftalmologista do Hospital Santa Clara, Dr. Claudio Picosse, explica que coceira nos olhos, franzir a testa, ler muito próximo dos livros e dores de cabeças constantes são alguns indícios de que a criança pode estar apresentando dificuldades na escola por conta de problemas visuais. “Os pais devem conversar com os professores para ficarem cientes das queixas do aluno durante as aulas. Geralmente, os problemas podem ser corrigidos com o uso dos óculos”, afirma o oftalmologista.

Além do desempenho escolar, o uso de tablets, celular, computador e televisão pode exigir bastante do sistema visual da criança, levando a uma dificuldade de visão.

“Os primeiros exames nos olhos da criança são feitos ao nascimento e aos seis meses. A partir de então a primeira consulta ao oftalmologista deve ser feita até os 3 anos de idade. “A consulta de rotina deve ser feita de dois em dois anos e, para aqueles que já detectaram algum problema de visão, a consulta médica é feita uma vez ao ano”, finaliza o Dr. Claudio.

UBERLÂNDIA SEDIARÁ A 62ª CONCAFRAS

Mais de cinco mil pessoas participarão da 62ª edição da Confraternização das Campanhas de Fraternidade Auta de Souza e Promoção Social Espírita (Concafras/PSE), que este ano se dividirá em duas cidades: Uberlândia/MG e Campo Grande/MS.

Realizado desde 1957, o evento reúne voluntários espíritas e simpatizantes, do Brasil e de outros países, no período do carnaval, com o objetivo de confraternização, troca de experiências, formação, aperfeiçoamento e atualização de multiplicadores para atuarem no campo da assistência e promoção social junto a comunidades em situação de vulnerabilidade social.

Este ano, a Concafras oferece 134 temas em mais de 50 cursos que estimulam os participantes à transformação íntima, à solidariedade e à fraternidade. Entre os temas, os mais disputados são: Prevenção ao Uso de Drogas, Adolescência: Um Desafio para Pais e Educadores, Prevenção do Suicídio, Trabalho com Gestantes, O Jovem e a Comunicação Social Espírita, A TV na Divulgação Espírita, Compreendendo a Dor Humana – Triagem Fraterna e Tratamento Espiritual na Casa Espírita.

Todos os cursos incluem, além do estudo teórico, atividades práticas que visam desenvolver habilidades em torno do tema estudado. Na segunda-feira de Carnaval (12/02), à tarde, serão realizadas atividades voluntárias, como: visitas a lares de idosos, de crianças, gestantes, portadores de necessidades especiais; atuação nos hospitais; campanhas de prevenção do suicídio e esclarecimento sobre as drogas; campanha contra o aborto e ações de promoção social nas comunidades da periferia.

OCAL DO EVENTO:

Universidade Federal de Uberlândia (UFU) – Campus Santa Mônica

Endereço: Av. João Naves de Ávila, 2121

Santa Mônica, Uberlândia – MG, 38408-100

 

Data:

10 a 13 de fevereiro.

 

Mais informações pelo site www.concafras.com

Com usuários cada vez mais conectados, áreas de educação e tecnologia se integram e buscam inovações

Nos dias atuais, é impossível não associar a educação ao uso da tecnologia, seja para o ensino à distância assim como para apoio ao ensino presencial e até mesmo o aprendizado por conta própria. A ‘Pesquisa sobre o uso das Tecnologias de Informação e Comunicação nas escolas brasileiras’, realizada pelo Centro Regional de Estudos para Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br), divulgada em 2017, apontou que 91% dos professores utilizam a internet pelo celular nas suas atividades. Destes, 85% avaliam que passaram a ter acesso a materiais mais diversificados ou de melhor qualidade e 94% passaram a adotar novos métodos de ensino.  Em relação aos alunos, 85% são usuários da internet, sendo que 77% acessam a rede pelo celular, 11% em tablets, 9% em computador de mesa e os demais via videogame e televisão. Estes números incentivam o surgimento de inúmeros aplicativos (apps) de educação, o que também requer estudos e especialização para o desenvolvimento dos mesmos de forma que atendam aos objetivos e tenham eficácia.

Para este levantamento que reforça a presença da tecnologia na educação foram ouvidos 935 diretores, 922 coordenadores pedagógicos, 1.854 professores de Língua Portuguesa, Matemática e multidisciplinares e 11.069 alunos de 5º e 9º ano do Ensino Fundamental e 2º ano do Ensino Médio em 1.106 escolas de todo o país. Apesar de não envolver o ensino superior, em que o uso da tecnologia tende a ser ainda mais forte, estes indicadores incentivam desenvolvedores a buscarem criar novas ferramentas relacionadas ao ensino, mas muito mais do que a vontade de chegar a este público é fundamental entender e ter parcerias entre desenvolvedores e especialistas em educação, avalia o CEO e engenheiro de software da CroSoften, Rafael Melo. “Não tenho dúvidas de que o uso da tecnologia relacionado à educação não tem volta e irá transformar ainda mais o cenário. Mas, como profissionais de tecnologia precisamos ter a consciência de que para se construir uma boa ferramenta é essencial existir uma parceria com quem entende desta área e também uma avaliação do que o público busca e que irá conquistá-lo para uma utilização com objetivos mais específicos, como o aprendizado”, destaca o engenheiro.

Diferentemente de aplicativos em geral, como os de lazer ou bem-estar, a criação de soluções para ensino e educação tem uma usabilidade mais específica com exigências maiores dos usuários. Consequentemente, além de encontrar o que pode atender ao público é fundamental saber como mantê-lo na ferramenta durante todo processo de aprendizado. “Um grande desafio ao pensar em uma ferramenta de educação está na forma de encantar o usuário e mostrar que ele estará aprendendo em um ambiente que lhe acrescente algo a mais, além da facilidade de acesso e liberdade de horários e agilidade. O usuário precisa ter uma boa experiência, o que está muito relacionado a adequar estes apps com o que se usa hoje para outros fins, como a gamificação e os ambientes de interação semelhantes às redes sociais. Temos que inovar criando projetos relacionados à educação que remetam às tendências que tem adesão do público”, ressalta Rafael Melo.

Atento a este cenário, o consultor, que contribui com a criação de diversos projetos, acredita que 2018 será um ano de muitas novidades na área do ensino. “Com certeza teremos muitas novidades, pois as empresas da área de educação estão buscando formas de atender às demandas do seu público que está cada vez mais conectado. Posso adiantar que em breve apresentaremos uma plataforma revolucionária que estamos desenvolvendo para um de nossos clientes com foco em educação à baixo custo, liberdade de escolha de conteúdos e formação direcionada. Esta é a tendência: diversificar os meios tradicionais de ensino adequando à vida corrida e exigência de conteúdo cada vez maior dos profissionais, sempre com experiências modernas e dinâmicas”, avalia o CEO da CroSoften.

 

Gabaritar

Tem objetivo de ajudar na organização dos estudos e ainda inclui questões e editais. Permite a usuário acompanhar por meio de gráficos sua evolução na resolução de questões.

Acesse o app:  Android  | iOS

Elevate
App para quem deseja treinar habilidades relacionadas à memória, expressão, concentração. Permite ainda escanear textos e fazer cálculos.

Acesse o app: AndroidiOS

TED
Permite que os usuários assistam a palestras desenvolvidas pelo mundo, diretamente no celular ou tablet.

Acesse o app: Android | iOS

Primer
Textos e exercícios sobre Marketing, Conteúdo, Métricas, Design e Publicidade são oferecidos neste aplicativo do Google.

Acesse o app: Android | iOS

NOVAS REGRAS para o Youtube e para os YOUTUBERS!

As regras das redes sociais mudam a todo momento e agora foi a vez da comunidade Youtube mudar suas regras de monetização, para você que tem um canal na plataforma fique ligado para saber o que alterou e se o seu canal já existe continua faturando com a famigerada monetização ou não.

 

  1. É necessário que seu canal tenha 4K horas de visualização dentro dos últimos 12 meses
  2. É necessário que seu canal tenha no mínimo 1.000 assinantes

 

Mas eu já tinha um canal com alguma “grana” lá para monetizar…

Bem … quem já tinha um canal e agora não se enquadra nestas novas regras PERDEM TODO O ACESSO A TODAS AS FERRAMENTAS de monetização. Ainda não está claro o que acontece com seus centavos de dólar por lá, mas acredito que se você continuar a gerar videos para a plataforma e se tornar novamente elegível ao programa do youtube de MONETIZAÇÃO, seu check out seja atualizado e você continue de onde parou.

As plataformas mudam suas regras e nós produtores não temos para quem reclamar, é sempre de cima pra baixo queridão!

 

De 30% a 40% das pessoas que têm Lupus apresentam maior sensibilidade aos raios ultravioletas.

O Lúpus é uma doença que ataca nosso sistema imunológico e que pode ser desencadeada com a exposição à luz solar.

Cerca de 30% a 40% das pessoas que têm a doença apresentam maior sensibilidade aos raios ultravioletas, que, muitas vezes, geram o surgimento de novas lesões na pele e crises de atividade do Lúpus (o sol, nesse caso, funciona como gatilho).

“Quando o paciente fica exposto à luz solar por horas seguidas e sem proteção, sua pele fica avermelhada (no rosto, são visíveis lesões com o formato de asa de borboleta)”, diz o reumatologista, Dr. Carmo de Freitas.

Lúpus eritematoso sistêmico é o mais comum e ataca não só a pele, mas vários órgãos e tecidos do organismo, como articulações, membranas que revestem órgãos, pulmões, sangue, coração, rins, fígado, cérebro e sistema nervoso central.

“É uma doença de autodestruição. O indivíduo produz anticorpos contra ele mesmo. Mas, ainda assim, muitas vezes, o próprio organismo consegue se curar da doença”, comenta Dr. Carmo.

 

Orientações

A recomendação crucial do reumatologista é que o paciente com Lúpus evite exposição ao sol. “Orientamos que os pacientes com a doença sempre utilizem bloqueadores solares fator 30 quando saírem às ruas. Mesmo se o dia estiver nublado, é preciso usar o produto. O importante é impedir que surja o processo inflamatório; quando a pele já está avermelhada e com certo prurido, é sinal de que a inflamação já começou”, afirma.

Segundo Dr. Carmo de Freitas, o paciente com Lúpus pode frequentar a praia, mas é necessário cuidado redobrado com o corpo. “Sempre utilize bloqueadores solares com fator mínimo de proteção número 30. Reaplique a cada duas ou três horas, com antecedência de 15 a 30 minutos antes da exposição ao sol. E lembre-se que os raios UV são mais intensos entre 10 e 15 horas”. A dica do reumatologista é passar o equivalente a uma colher de chá de protetor no rosto, braços e pescoço.

 

Atenção mulheres e homens!

O Lúpus é mais prevalente em mulheres em função também do fator hormonal, mas pode aparecer em homens, e quando isso ocorre, geralmente, acontece de forma mais agressiva.

Resorts Tauá terão o melhor carnaval de Minas Gerais

Baile de carnaval, festa tropical, marchinhas, matinê com desfile das crianças, customização de abadás, oficinas de fantasias e máscaras. Os resorts da Rede Tauá estão prontos para arrastar foliões de todas idades. Já em São Paulo, o primeiro hotel corporativo da rede, Alegro Hotel by Tauá, irá pendurar o terno e a gravata para estrear no carnaval com programação pra lá de animada. Todos os pacotes incluem pensão completa, com café da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar. As bebidas são cobradas à parte. O Tauá Atibaia queimou a largada e não possui mais apartamentos disponíveis para o período.

Tauá Resort Caeté – 10 a 13/02

 

Apartamento superior para dois adultos e duas crianças de até seis anos como cortesia, no mesmo apartamento dos pais, com direito a toda programação e atividades de esportes e lazer divulgadas diariamente no novo aplicativo “Tauá”, por R$ 4.059,00.

Atividade exclusivas do resort: oficina de percussão para a garotada, desfile do Bloco Unidos Taualegres, a turma mais animada de Minas Gerais! E mais, aula de “Aerobahia” e Aqua Zumba para adultos.

Tauá Grande Hotel e Termas Araxá – 10 a 13/02

 

Apartamento superior para dois adultos e duas crianças de até oito anos como cortesia, no mesmo apartamento dos pais, com direito a toda programação e atividades de esportes e lazer divulgadas diariamente no novo aplicativo “Tauá”, por R$ 3.588,00.

Atividades exclusivas do resort: confecção de bandeiras para desfile, baile de máscaras (de época), escola de samba no Salão Minas Gerais, balada Carnatauá e micareta na piscina com samba ao vivo. Para quem quer fugir da folia, programação especial nas Termas.

 

Alegro Hotel by Tauá – 10 a 13/2

 

Apartamento standard para dois adultos, com direito a toda programação e atividades de lazer, por R$ 1.578,00. Já na categoria “suíte”, o casal ganha duas crianças de até 8 anos como cortesia, no mesmo apartamento dos pais, e o pacote sai por R$ 1.878,00.

Após inaugurar o espírito fanfarrão no réveillon, o hotel provou que, assim como nos resorts da Rede Tauá, todos se divertem do início ao fim!

Verão exige cuidados redobrados com a exposição ao sol

Com temperaturas que podem superar os 31ºC em Uberlândia nos próximos dias, o verão traz um clima convidativo para atividades ao ar livre, principalmente neste período de férias escolares. Mas, este tempo quente acende também um alerta importante para os cuidados com a exposição ao sol, que precisam ser redobrados nesta época do ano. Especialistas chamam a atenção para os riscos de uma exposição sem a proteção adequada, que em mais de 90% dos casos está relacionada ao desenvolvimento do câncer de pele. Considerado o mais frequente no Brasil, este tipo de câncer corresponde a 30% de todos os tumores malignos registrados no país, de acordo com dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA).

Uma pesquisa realizada pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) apontou que 4,5 milhões de brasileiros já tiveram câncer da pele. Os números que vêm a seguir são ainda mais preocupantes. Segundo o estudo, mais de 100 milhões de pessoas se expõem ao sol em atividades de lazer, sendo que 6 milhões de adultos não se protegem de nenhuma forma quando estão em ambientes como praias, piscinas, cachoeiras, rios ou lagos. A oncologista do Centro Oncológico do Triângulo, Dra. Florença Copati, alerta para a importância de utilizar o protetor solar e outras formas de proteção. “O principal fator de risco do câncer de pele é a exposição excessiva e prolongada ao sol, e por isso a prevenção é indispensável. Além de evitar a exposição entre dez da manhã e quatro da tarde, as pessoas devem utilizar cotidianamente o protetor solar, mesmo em dias nublados, assim como óculos de sol e chapéu, principalmente em atividades ao ar livre”, afirma.

Além da prevenção, a oncologista do COT também alerta para a importância de estar atento a sinais no corpo. “Precisamos sempre observar nosso corpo e estarmos alertas à aparição de sinais como manchas, pintas que apresentem crescimento ou mudam de cor, e também aquelas que coçam, sangram ou ardem. Tudo isso são sintomas de alarme, assim como manchas avermelhadas ou feridas que não cicatrizam após quatro semanas”, destaca a oncologista.

Você é um DIGITAL INFLUENCER? Volte duas casas!

O mercado se altera e tudo se torna uma bagunça, até que as coisas se aquietem novamente. É sempre assim e não podia ser diferente com o mundo virtual. Resumindo: o Vine, Instagram Musicaly, Youtube geram famozinhos a cada dia, todos os dias alguém teve seu video, frase, ou meme viralizado por instantes, alguns perduram, outros não. Nesta seara – e principalmente no Instagram – aos poucos surgiram aqueles que se destacaram, pelo conteúdo.

Sim! Pelo conteúdo, elas/elas viajavam, compravam, ganhavam, mostravam, utilizavam produtos em seus dias e mais outras centenas de coisas, a estes escolhidos pelo grande público on line foi dado o nome de Digital Influencers, e aqui está mais um fato deste texto: ALGUEM LHES CONCEDEU UM TÍTULO.

Portanto digital influencer não pode se auto-intitular, pois não é profissão, não é algo que se torna fazendo um curso ou se graduando em qualquer área do conhecimento. Alguém que se destaca pelo conteúdo, pode chegar a influenciar pessoas.

Você influencia, quando outra pessoa compra algo, participa de algo, busca informações sobre algo que você disse ou fez, caso contrário você não influenciou nada nem ninguém, apenas postou algo, como qualquer pessoa no mundo.

Uma marca se relaciona com um “influencer” porque quer que de FORMA CAMUFLADA, NATURAL, um produto ou serviço seja usado por esta pessoa, afim de gerar influencia de marketing em outras pessoas, no caso, nos seguidores deste “influencers”.

E aí temos exemplos fora da casinha, fora da curva!!!, como grandes celebridades que fazem tanto o marketing lifestyle, este de usar produtos e serviços e também as tradicionais propagandas de tv, ambos os formatos são beneficiados consideravelmente e a relação custo-benefício da propaganda fica evidente.

O que tem acontecido, são pessoas DESCONHECIDAS, que COMPRAM seguidores e pacotes de CURTIDAS, criando para si mesmos uma audiência robô, fantasma, que não existe e buscando “parcerias” com empresas diversas e a forma só piora, a confusão é tanta que estas pessoas fazem comercial e não utilização natural do produto, o que é caracteristico de outra mídia e de outro profissional: Televisão e Rádio, e atriz, apresentadora, garota propaganda.

Vejo muita gente confusa por aí, abrindo contas de instagram, quando na verdade deviam estar enviando curriculos pelo linked in para agencias e empresas de entretenimento. O que você é? Se a resposta for: INFLUENCER! Então volte duas casas e reinicie o jogo.

beijo seus bunito,

 

.fernandoprado

 

O que aprendemos com a banda The Cranberries

A banda irlandesa The Cranberries toca muito rock de qualidade desde 1989. Sua vocalista Dolores O’Rioardan infelizmente faleceu subitamente no dia 15 de Janeiro de 2018 aos 46 anos, se a banda continua ou não ainda é muito cedo para cogitar, mas o importante é – além de respeitar o momento – é sem dúvidas o material sólido que ela deixou aos fãs e a contribuição do rock.

Abaixo, 8 coisas que certamente aprendemos com The Cranberries:

1.DREAMS:

“MINHA VIDA ESTÁ MUDANDO TODOS OS DIAS, NA MEDIDA DO POSSÍVEL”

2. LINGER:

“SE VOCÊ PUDER VOLTAR, NÃO DEIXE PASSAR O TEMPO, NÃO DEIXE DESAPARECER A OPORTUNIDADE.”

3. ANIMAL INSTINCT:

“SEGURE A MINHA MÃO E VENHA COMIGO, VAMOS MUDAR ESTA REALIDADE”

4. I CANT BE WITH YOU:

“ESTOU AQUI DEITADA EM MINHA CAMA, E CHORO PORQUE VOCÊ NAO ESTÁ AQUI, CHORO EM MINHA CABEÇA PORQUE SEI AS COISAS NÃO ESTÃO CLARAS, ME DEIXA TRISTE SABER QUE NÃO POSSO ESTAR COM VOCÊ.”

5. JUST MY IMAGINATION:

“COSTUMÁVAMOS SER TÃO LIVRES, VIVENDO PARA O NOSSO AMOR E NÃO PARA O MUNDO REAL, MAS ISSO ERA APENAS NA MINHA CABEÇA, SÓ NA MINHA IMAGINAÇÃO, SÓ NA MINHA IMAGINAÇÃO”

6.ODE TO MY FAMILY:

“TU TURU TU, TU TURU TU, TU TURU TU” 🙂
“VOCÊ ME VÊ, VOCÊ GOSTA DO QUE VÊ? GOSTA DE ME VER AQUI? VOCÊ ME PERCEBE?”

7.SALVATION

“A SALVAÇÃO É GRATIS!”

8.ZOMBIE

“QUEM ESTAMOS ENGANANDO? OUTRA CABEÇA PENDURADA, OUTRA CRIANÇA LEVADA, E A VIOLÊNCIA CAUSANDO TODO ESSE SILÊNCIO.”

 

E mais dezenas de músicas excelentes escondidas em seus álbuns! Se eu fosse você usaria os próximos 60 minutos da sua vida para dar uma vasculhada em Cranberries no Youtube! Fica a dica

bju seus bunito,

 

.fernandoprado

Um dos segredos da qualidade de vida e da saúde está nas relações afetivas interpessoais

O número de pessoas que sofre com ansiedade, depressão, estresse associado a uma rotina de trabalho muito atribulada e pouco convívio familiar só tem aumentado. O tempo que se passa com a família é muito importante para fortalecer as raízes familiares e esse fortalecimento dos laços torna a pessoa psicologicamente melhor preparada para enfrentar os problemas do dia a dia, como crises financeiras, crises de trabalho e também crises psicológicas.

De acordo com o cardiologista do Hospital Santa Clara, Dr. Rodrigo Penha, a rotina de convívio com os filhos faz bem e ajuda eles no amadurecimento dos seus relacionamentos, como também faz bem para os pais, que vão desenvolver uma maior habilidade para lidar com os problemas. “Toda essa resolução de problemas psicológicos vai trazer benefícios para o organismo, contribuindo com o controle de pressão arterial, na prevenção de doenças cardiovasculares, e na prevenção de doenças psicológicas”, explica o cardiologista.

Familiares e amigos são os alicerces que dão forças para superarmos os problemas. Poder contar com pessoas para desabafar e ouvir opiniões quanto aos planos futuros faz muito bem.

Em resumo, o convívio com a família traz ao paciente vários benefícios tanto para sua saúde física quanto para sua saúde mental. “Aproveite este tempo de boas novas para fortalecer os laços com a família. Isso trará um bem a todos”, finaliza Dr. Rodrigo.

Open chat
1
Contato apenas para orçamentos.
Contato apenas para orçamentos. https://fernandoprado.com/2018/01