10 perguntas que não devem ser feitas em uma entrevista de emprego

Quando se trata de determinar as questões que são e não são apropriadas em uma entrevista de emprego, as limitações nem sempre são claras. Um estudo do site CareerBuilder descobriu que 20% dos empregadores já fizeram perguntas consideradas impróprias sem a consciência disso. Para a proteção tanto do entrevistador quanto do entrevistado, é importante entender como uma questão pode ser vista como imprópria ao candidato à vaga.

Mesmo com a melhor das intenções, um gerente de contratação pode estar se colocando em risco de ação judicial, visto que um candidato poderia argumentar que certas questões foram usadas para discriminá-lo.

De acordo com CareerBuilder, a legalidade da questão está em como o entrevistador pergunta. Por exemplo, quando se discute planos de aposentadoria de um candidato, não há problema em perguntar sobre seus objetivos de longo prazo, mas perguntar quando ele planeja se aposentar não é aceitável.

Para ajudar os gerentes de contratação, o CareerBuilder identificou algumas das perguntas mais comuns que os empregadores não sabiam que eram impróprias. Confira:

  • Qual é a sua filiação religiosa?
  • Você está grávida?
  • Qual é a sua filiação política?
  • Qual é a sua raça, cor ou etnia?
  • Quantos anos você tem?
  • Você possui alguma deficiência?
  • Você é casado?
  • Você tem filhos ou planos?
  • Você tem dívidas?
  • Você bebe ou fuma socialmente?

Via: Business News Daily

Categorias: Destaque

Deixe uma réplica

Seu email não pode ser publicado.