10 mitos e verdades sobre a queda de cabelo

A queda de cabelo é uma reclamação frequente nos consultórios dos dermatologistas. De acordo com a dermatologista Juliana Gumieiro, pode-se dizer que existe hoje cura para algumas formas de calvície. “É necessário analisar a causa para depois indicar o tratamento que deve ser iniciado precocemente”. Para esclarecer as muitas dúvidas a cerca do tema, a especialista lista os 10 principais mitos e verdades sobre o assunto. Confira:

O uso de boné ou chapéu faz cair os cabelos.

Mito. O uso desses acessórios não faz cair os cabelos, mas pode, em pessoas que os utilizam por um longo período, diariamente, agravar doenças como a dermatite seborréica, que pode ser um coadjuvante da queda.

Usar gel causa queda de cabelo.

Usar gel não favorece a queda dos fios, mas é bom evitar dormir com esses produtos nos cabelos, pois ficam endurecidos e podem quebrar com mais facilidade.

Apenas a questão genética provoca queda de cabelo.

Mito. A queda de cabelo pode ter diversas causas. Além da genética, outros fatores relacionados à queda de cabelo são: deficiência de ferro, zinco ou vitamina D, problemas de tireóide, infecções ocultas, anemia, medicamentos, dermatite seborreia (caspa), emagrecimento, pós parto, etc. 

Alisamento pode provocar queda de cabelo.

Verdade. A química geralmente provoca a quebra dos fios. Como altera a estrutura da fibra capilar, o fio fica mais suscetível a fratura e com isso a queda. O cabelo só costuma cair da raiz caso o paciente tenha alergia ao produto e com isso uma irritação do couro cabeludo. 

Antidepressivos fazem o cabelo cair.

Verdade. Alguns antidepressivos, assim como outros medicamentos, podem interferir no ciclo dos cabelos levando a um aumento da queda. Eles podem encurtar a fase de crescimento dos fios fazendo com que ele caia antes da hora. Mas é importante saber que eles não causam afinamento dos fios ou calvície.

As pranchas de alisamento (chapinhas), secadores, assim como os cacheadores de cabelos, também provocam a queda dos fios.

Sim. É preciso saber a forma correta de usar. Com eles, os cabelos são submetidos a altas temperaturas, que os danificam e provocam queda se usados em excesso.

Sol também causa calvície.

Mito. O sol não interfere na queda.

Lavar os cabelos todos os dias causa queda capilar.

Mito. A boa higienização do couro cabeludo reduz a queda. Manter os cabelos sujos impede o crescimento e obstrui os poros. Com a lavagem costuma cair apenas os fios que já estão soltos.

Não é possível reverter a queda de cabelo.

Mito. Caso o paciente apresente apenas a queda sem o componente genético é possível reverter todo o quadro agindo na causa da doença. O tratamento tem que ser iniciado cedo para evitar que o volume capilar seja perdido. Se o quadro estiver muito avançado precisamos adicionar medidas complementares como o laser e, às vezes, até um transplante capilar.

Usar medicamento contra calvície contribui para o crescimento de novos cabelos.

Mito. O tratamento capilar medicamentoso tem como objetivo manter ou ao menos reduzir a queda dos cabelos, mas não faz nascerem fios em áreas já afetadas pela calvície. Para isso, temos outros métodos como laser e transplante capilar.

Serifa Comunicação

Categorias: Leia Também

Deixe uma réplica

Seu email não pode ser publicado.