Oncologista orienta para prevenção do câncer em 2016

 

Mais um ano se inicia e com ele, também se renovam as promessas para 2016. Para o COT – Centro Oncológico do Triângulo, um alerta deve ser feito: mude os hábitos e previna o câncer. Isso porque segundo dados do Instituto Nacional do Câncer – Inca, em 2016 devem ser diagnosticados mais de 596 mil novos casos de câncer no país. Entre os homens, são esperados 295.200 e entre as mulheres, 300.870.

Confirma-se a estimativa que os principais tipos que ocorrerão no país serão, por ordem de incidência, os de pele não melanoma (80.850 entre homens e de 94.910 nas mulheres), o de próstata (61.200) e o de mama (57.960). Outros cânceres cuja incidência merece destaque são os do intestino grosso, terceiro mais incidente entre as mulheres (17.620) e o quarto entre os homens (16.660); o de pulmão, que é o terceiro entre os homens (17.330) e quinto entre as mulheres (10.890); o colo do útero, quarto mais comum nas mulheres (6.950); estômago, quinto entre os homens (12.920) e sexto entre as mulheres (7.6000); e cavidade oral, sexto mais comum entre os homens (11.140).

 

Fatores de risco

Os fatores de risco podem ser encontrados no ambiente físico, ser herdados ou representar hábitos ou costumes próprios de um determinado ambiente social e cultural. Além do envelhecimento, são fatores de risco importantes os hábitos de vida, como o tabagismo, o consumo de álcool, a alimentação, o excesso de peso e a prática de atividade física. “Hoje, a maioria dos tipos de câncer podem ser evitados, pois são consequência do estilo de vida desregrado. Por isso, a mudança do comportamento dos adultos e a disseminação de hábitos saudáveis desde os primeiras anos de vida são essenciais para que haja uma mudança de cenário”, afirma o Oncologista Clínico, Fernando Maciel.

Para tentar reduzir esta grave estatística, o especialista listou simples mudanças que podem fazer a diferença na saúde de cada um. Confira:

 

Ø  Pare de fumar! Esta é a regra mais importante para prevenção do câncer;

Ø  Uma alimentação saudável pode reduzir as chances de câncer em pelo menos 40%;

Ø  Evite o excesso de peso;

Ø  Evite ou limite a ingestão de bebidas alcoólicas;

Ø  Homens entre 50 e 70 anos devem se orientar sobre a necessidade de investigação do câncer de próstata. Os homens com histórico familiar de pai ou irmão com câncer de próstata antes dos 60 anos devem realizar consulta médica para investigação da doença a partir dos 45 anos;

Ø  Mulheres entre 25 e 64 anos devem realizar o preventivo ginecológico periodicamente. Após dois exames com resultado normal com intervalo de um ano, o preventivo deve ser feito a cada três anos;

Ø  Pratique atividades físicas, moderadamente, durante pelo menos 30 minutos, cinco vezes por semana;

Ø  As mulheres com mais de 40 anos, devem realizar o exame clínico das mamas anualmente. Além disso, toda mulher entre 50 e 69 anos, deve fazer a mamografia a cada dois anos;

Ø  É recomendável que mulheres e homens com mais de 50 anos, realizem exame de sangue oculto nas fezes, a cada ano (preferencialmente), ou a cada dois anos;

Ø  Evite exposição prolongada ao sol, entre 10h e 16h, e use sempre proteção adequada;

Ø  Realize diariamente a higiene oral (escovação) e consulte o dentista regularmente.

Categorias: Leia Também

Deixe uma réplica

Seu email não pode ser publicado.