Mulheres enfrentam dificuldades para emagrecer após os 30 anos

Muitas mulheres percebem que com o passar do tempo têm dificuldade em emagrecer, enquanto os namorados ou maridos não têm o mesmo problema, eles comem muito mais e não engordam. Isso tem uma explicação e tem tudo a ver com a proporção entre a massa muscular e o tecido gorduroso. Como nas mulheres a quantidade de músculos é muito menor, pela própria constituição física, o gasto energético de repouso também é inferior cerca de 10 a 15% em relação aos homens. A mulher tende a estocar gordura mais na região das coxas e quadris.

A endocrinologista do Hospital Santa Clara, Maria Regina Gasparin, explica que um dos motivos para o aumento no peso pode estar associado a fatores hormonais. “A questão hormonal é crucial, pois o metabolismo basal – valor de referência do quanto o corpo gasta de calorias para se manter funcionando – começa a ficar mais lento. O corpo passa a funcionar em outro ritmo, que vai diminuindo gradativamente até os 60 ou 70 anos, quando tende a estabilizar. Fica mais difícil não acumular gordura, não perder músculos e nem massa óssea. Não é necessário entrar em desespero e achar que não tem solução”, explica.

Para evitar o ganho de peso com o passar dos anos é necessário equilibrar a alimentação saudável com uma rotina da prática de exercícios físicos

Para alcançar esses benefícios pode-se escolher alguma atividade física que mais agrade, como corrida, caminhada, natação, bicicleta, dança, entre muitas outras, ou apenas adotar um estilo de vida mais ativo. É importante que o corpo esteja em movimento regularmente.

 

 

Poder das fibras

 

Alimentos muito processados são de mais fácil digestão e normalmente oferecem um aporte maior de calorias. Já os alimentos ricos em fibras, que exigem maior esforço em todo o processo de digestão, desde a mastigação, auxiliam no emagrecimento, pois o gasto energético envolvido nesse processo é muito maior.

 

Aumente os músculos

 

O músculo precisa de mais energia para se manter vivo, ao contrário do tecido gorduroso. Por isso, é capaz de queimar calorias até quando estamos em repouso. Portanto, é possível dizer que, quando se aumenta a massa muscular, a taxa metabólica é acelerada, que tem a ver com o gasto de energia diário. Para esse objetivo, a musculação é a atividade mais eficiente.

 

Outros cuidados

 

Alguns deslizes, aparentemente inocentes, podem afetar a equação massa muscular X tecido adiposo, tão importante nesse processo. O hábito de pular refeições e passar muito tempo sem comer, por exemplo, pode funcionar como um sabotador do seu programa de emagrecimento. Isso porque, na ausência de um aporte energético – feito por meio das refeições regulares -, o organismo passa a funcionar num ritmo mais lento e começa a fazer reservas maiores, para o caso de uma emergência.

Categorias: Notícias Locais

Deixe uma réplica

Seu email não pode ser publicado.