5 estratégias para aumentar sua inteligência

via Creativity Post

 

 


Melhorando sua inteligência: 5 maneiras de maximizar seu potencial cognitivo.

 

…Não faz muito tempo que um professor me disse que não tínhamos muito controle sob nossa inteligência. Era genético e portanto determinado no nascimento. Ele explicou que os esforços de melhorar a inteligência da criança ainda na infância como em programas educacionais como o HEAD START, tiveram um sucesso limitado.  Os estudos mostraram que a inteligência não pode ser melhorada, bem  … eu não acreditei muito nisso.

Durante muito tempo trabalhei com crianças com espectro autista questões como habilidades em jogos, comunicação, laser e interações sociais e vi QI saltarem de 80 para 100, tudo isso a partir de técnicas multimodais. Percebi então que a inteligência fluída é treinável.

Os cinco princípios básicos são:

  1. Procurar por novidade

  2. Desafiar a si mesmo

  3. Pensar criativamente

  4. Fazer as coisas da forma mais difícil

  5. Relacionar-se

 

Não é atoa que gênios como Albert Einstein tinham habilidades em múltiplas áreas. Pessoas assim procuram por novidade constantemente. Quando você procura por novidade muitas coisas acontecem, primeiro você cria novas conexões de sinpase com a atividade que você se engajou. Isso aumenta sua atividade neural dando plasticidade ou seja, aumentando as conexões feitas pelos seus neurônios. A novidade também libera dopamina que aumenta a motivação e estimula a criação de novos neurônios.

Agora vamos pensar o seguinte, treinamento cerebral individuais não fazem você mais inteligente, eles apenas fazem você melhor em executar aquela ação de “se treinar”. Isso porque o seu cérebro está trabalhando e melhorando enquanto há dificuldade, quando você já dominou aquilo ele precisa ser desafiado novamente. A eficiência nã é sua amiga quando estamos tratando de crescimento cognitivo, você precisa procurar um próximo desafio, é importante estar em constante estado de desconforto.

Quando dizemos Pensar Criativamente, não estamos querendo dizer que você deva pintar um quadro ou fazer algo artístico. Opostamente à crença popular de que ser criativo é pensar com o lado direito do cérebro, o pensamento criativo envolve pensar com as duas partes do cérebro, porque é importante que haja divergência de pensamento, ir e voltar na linha de raciocínio gerando flexibilidade para aquilo que você está fazendo, ou naquilo que esteja trabalhando.

Já disse que a eficiência não é amiga da inteligência. O GPS é uma invenção maravilhosa, mas você já teve a impressão de que se sua capacidade geográfica já era ruim, pode ter piorado depois do GPS? Pois é, a tecnologia faz muito por nós, para facilitar e deixar o mundo mais rápido e eficiente, contudo às vezes nossas habilidades cognitivas sofrem como resultado destes atalhos em curto e médio prazo. Seu cérebro precisa de se exercitar, eu mesmo utilizava muitos tradutores e minha capacidade linguística foi diminuindo, hoje prefiro lutar com as palavras e dessa forma fazer meu cérebro trabalhar mais. Portanto é importante procurar a forma mais difícil de fazer algumas coisas.
Se você está fazendo as últimas quatro coisas, provavelmente está fazendo esta também. Quando você se relaciona, você se expõe à outros tipos de situações, à ideias e pessoas e até mesmo à outros ambientes. Quando você está com outras pessoas, você se obriga a ver problemas ocm outras perspectivas, aprender é se expor a novas coisas e isso é fazer acontecer.

 


 

Tradução livre de @fernandoprado
Steven Johnson é autor do livro “Where Good Ideas Come From” – Clique aqui para conhecer mais o autor.

Categorias: Destaque

Deixe uma réplica

Seu email não pode ser publicado.