Doenças ligadas ao tabaco podem desencadear outros sintomas


Fumar menos não irá te livrar dos males ligados ao tabaco

Segundo dados do Ministério da Saúde, o número de fumantes no país caiu 30% em nove anos. Número bom, não é mesmo? Porém, apesar disso, ainda existem muitos fumantes em nosso país, que podem estar correndo grandes riscos.

O cardiologista do Hospital Santa Clara, Guilherme Antônio Martins Boareto explica que a principal questão que envolve o consumo de tabaco são as doenças que ele causa. “Muitas pessoas associam o tabaco com problemas pulmonares, porém se esquecem que o coração também é afetado com o tabagismo. O tabaco pode causar degeneração nas parede das artérias, o que facilita o acúmulo de gordura,” explica.

O médico também ressalta que, esse acúmulo de gordura pode causar inúmeras doenças, desde cardíacas a pulmonares. “Sinais graves como o enfarto, o AVC, a trombose, embolia e efizema pulmonares podem se apresentar em pessoas que façam uso do tabaco.”

O cardiologista alerta que a principal recomendação aos fumantes é apenas uma: parar de fumar. “Não há outra recomendação aos fumantes se não parar de fumar. Muitos pensam que reduzir o uso pode amenizar os efeitos de determinadas doenças, porém isso não é verdade e o estilo de vida saudável, com exercícios físicos, boa alimentação e longe do tabagismo são armas poderosas para uma vida tranquila,” finaliza.

Categorias: Notícias Locais

Deixe uma réplica

Seu email não pode ser publicado.