Diretoria do Conselho de Desenvolvimento Econômico toma posse

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Uberlândia sediou na noite do dia 22, a cerimônia de posse da primeira diretoria do Conselho de Desenvolvimento Econômico de Uberlândia 2100 (Coden 2100). Empresários, políticos e convidados participaram da cerimônia.

 

O Coden vai organizar o trabalho em Câmaras Técnicas e todos os interessados em contribuir podem apresentar propostas por meio do site www.uberlandia2100.com.br. O órgão atuará como agente de operacionalização do Fórum Uberlândia 2100.  Formado por voluntários, o CODEN Uberlândia 2100 trabalhará para dar suporte às propostas apresentadas durante os encontros anteriores, que reuniram diferentes segmentos da sociedade civil. Pretende também contribuir de diferentes maneiras para que Uberlândia tenha um planejamento que não fique limitado à temporalidade da gestão do poder político municipal.

 

O Fórum Uberlândia 2100 foi lançado em 2015 e liderado pelos empresários Luiz Alberto Garcia, do Grupo Algar e Panayotes Emmanuel Tsatsakis, presidente do Sinduscon- TAP. Foi inspirado no modelo bem sucedido da cidade de Maringá (PR) incentivado pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC). No seu lançamento reuniu mais de 500 pessoas de diferentes segmentos da sociedade, recorde nacional. Em agosto foi realizado um segundo encontro, em que aqueles que se apresentaram como “voluntários apaixonados” discutiram uma série de propostas para a cidade do futuro. Elas cobriram áreas como desenvolvimento econômico, logística, educação, saúde, mobilidade, segurança, inovação, entre outras.

 

“Queremos que as pessoas que vêm de fora sintam que nossa cidade tem programas para os próximos 100 anos que iremos executá-los com o apoio da população. Estamos aqui para ajudar a construir o futuro. Este é o nosso dever”, afirmou Luiz Alberto Garcia, que ficará dois anos à frente da diretoria.

 

Segundo o presidente do Sinduscon-Tap, Emmanuel Tsatsakis o Uberlândia 2100, vem falar do desenvolvimento da sociedade cidade perante futuro da cidade. “O conselho é formado por um perfil da sociedade que pensa junto para definir qual a cidade que queremos para nossos filhos e netos. Não basta apenas a sociedade eleger deputados, prefeitos e senadores, tem participar na execução de seus projetos”, ressalta.

 

Fazem parte também 17 instituições da sociedade civil, com seus devidos representantes: ACIUB, CDL, OAB, Sinduscon / TAP, Fiem, Sindicato Rural, Conselho de Veneráveis, Sociedade Médica, Sebrae, UFU, Unipac, CREA, CAU, Associação de Bairros, Prefeitura Municipal de Uberlândia, Polícia Civil e Polícia Militar.

 

 

Diretoria Estatutária

Presidente: Luiz Alberto Garcia

Vice-presidente: Efthymios Panayotes Emmanual Tsatsakis

Diretor de Relações Institucionais: Roberto Botelho

Secretária: Maria Lúcia de Mattos

 

Diretoria Executiva

Presidente: Dilson Dalpiaz Dias

Diretor de Projetos: Celso Machado

Tesoureiro: Paschoal Lorecchio

Categorias: Leia Também

Deixe uma réplica

Seu email não pode ser publicado.