Como ser criativo em 5 passos




Os já muito criativos fazem parecer que a “criatividade” é um dom natural e outros falam em talento, mas o que se sabe é que esta habilidade pode ser aprendida, praticada e desenvolvida assim como qualquer outra. Como tudo aquilo que você quer dominar ou aprender, é fundamental trazer esta nova atividade para o seu dia a dia, com um novo idioma é assim, certo? Pois é, com a criatividade não é diferente.

A questão é que nas escolas não se aprende ser criativo, “não há tempo” dizem, então como podemos ser criativos?

Ser criativo pode trazer benefícios em diversas esferas da sua vida, seja na profissional, fazendo com que você pense “fora da caixa” e traga melhores resultados à empresa e aos projetos assim como em sua vida, afinal de contas, alguém criativo é com certeza mais agradável, sabe conversar e ter idéias a todo momento. Todos querem ter um amigo assim por perto.

 

Vamos a cinco passos para que você desenvolva ainda mais esta habilidade:

0. TREINAMENTO E OBSERVAÇÃO DE TUDO AO SEU REDOR.

Esta é a dica 0, coloquei aqui porque não há como prosseguir no caminho da criatividade se você não começar a observar as coisas ao seu redor, é muito comum passar pelas ruas, casas, empresas e não prestarmos atenção na fachada, nos nomes, nos letreiros, nas roupas das pessoas, mas a verdade é que este treinamento, abre caminhos para seu cérebro pensar em alternativas, buscar outras imagens e sons, na hora de procurar por uma solução, caso contrário, você pensará sempre a mesma coisa, ou pelo menos ter o mesmo padrão de pensamentos.

001

1. RABISQUE ALGUMA COISA.

Esta dica é ótima! Quem nunca levou uma bronca da professora, porque estava rabiscando alguma coisa no caderno “ao invés de prestar atenção”? Pois é, a escritora Suni Brown autora do livro “The Doodle Revolution”, diz que rabiscar enquanto assiste-se a uma reunião ou aula, ajuda a se manter presente e envolver com a aula/apresentação. Lembre-se, não é desenhar algo definido ou ser bom em desenho, nada disso, é rabiscar sem motivos. Um traço leva a outro, mesmo que sem sentido.

002
2. SIMPLESMENTE ESCREVA.

Grande parte da nossa falta de criatividade no dia a dia é uma preguiça gostosa que o nosso cérebro nos impõe! Como é bom permanecer quieto, simplesmente assistindo aquele vídeo no Youtube ou Netflix, mas quando você se coloca em posição de sair do marasmo e começar a fazer algo, seu cérebro também liga o “turbo” e começa a dar resultados que não dava antes. Pegue uma folha em branco, ou mesmo no computador e simplesmente escreva, comece a escrever, qualquer coisa, veja como a lógica vai surgindo e a vontade de terminar o paragrafo também! Como exercício, marque no relógio, 2 minutos, depois 5, quem sabe 10… nesse período você não poderá parar de escrever.

3. APRENDA COM OS ESPECIALISTAS EM CRIATIVIDADE.

Ah! Você não conhece nenhum? Sério mesmo? E essa criança que você encontrou hoje mais cedo na padaria, no restaurante ou no supermercado? E seu sobrinho, ou filho? Isso mesmo! As crianças não se “adulteraram” e por isso mesmo tem menos senso crítico, o que da permissão a elas, pensar coisas “malucas” e fazer coisas “malucas”, encontrar soluções diferentes, inovadoras. Isso é ser criativo, olhar as coisas de outro ponto de vista.

004

4. ROUBE COMO UM ARTISTA.

O livro de Austin Kleon está na crista da onda com 10 dicas sobre criatividade. O mais bacana é essa ideia de roubar como um artista, ou seja, inspire-se nos bons. Procure musicas diferentes, descubra as melhores de um artista desconhecido, assista um filme completamente diferente do gênero que você gosta, force seu cérebro a acompanhar a história, o jeito de ser contado, inspire-se, leia, veja, siga blogs, enfim … “Originais foram os gregos, o resto é cópia romântica…” portanto, inspire-se…

 

003

5. DUVIDE. QUESTIONE. SEJA CURIOSO.

O título já é autoexplicativo, Se alguém te contou uma história, não precisa duvidar na cara da pessoa, não é por aí, mas pergunte mais sobre o assunto, chegue em casa, ou mesmo no celular já dê um google no assunto, leia outra postagem, tome conhecimento de uma opinião diferente mesmo que seja diferente da sua ( é bom que seja! para que você cresça criativamente falando ).

 

Tudo o que coloquei aqui, pode ter certeza que eu mesmo já usei durante a minha vida e ainda uso!
Tente e me conte como foi a experiência.

 

.fernandoprado

 

Categorias: Criatividade,Destaque

Deixe uma réplica

Seu email não pode ser publicado.