Caique nos conta como empreender no Youtube!

Caíque Pereira é um garoto promissor, muito jovem e já empreende um canal no Youtube com quase meio milhão de seguidores, o rapaz promove palestras pelo país e foi em São Paulo na Filmecon 2017 que tive o prazer de trocar uma ideia com ele!


Você vem ensinando pessoas a serem Youtubers há algum tempo na internet, qual sua opinião sobre a quantidade massiva de pessoas subindo vídeos na plataforma?

É muita gente produzindo, mas os números do Youtube mostram que neste mesmo período quadruplicou a quantidade de pessoas que consomem os vídeos, então acredito que tenha espaço para novos canais, novos produtores de conteúdo sim. A concorrência existe, mas hoje o que acontece enquanto comportamento de usuário é “quem eu vou assistir primeiro”, portanto se você for uma cópia de outro canal, se não tiver algo interessante, com certeza será mais um na multidão, busque um diferencial

Não falta responsabilidade hoje nos “youtubers”? Parece que em geral as pessoas não tem tido nenhum critério para postar, para selecionar o que vai ao ar…

Isso é algo preocupante sim e a plataforma vê isso como um problema que está sendo solucionado aos poucos, por exemplo, os click baits não podem ser usados mas usam ainda, tudo por inscritos, tudo por likes, o que acontece é que o Youtube promove essa liberdade e esse ainda é o grande barato da plataforma, sempre vai ter uma galera mal intencionada, ou com pouca maturidade e acabam fazendo bobagem. Mas o público também seleciona, se alguém está fazendo coisa ruim, ele será responsabilizado por isso, ou os usuários vão ridiculariza-lo ou ele perde credibilidade, enfim …

Canais de Youtube e empresas …

Um perigo! A maioria das empresas que entram no Youtube fracassam independentemente do valor investido ou do tamanho da empresa, porque não sabem o que estão fazendo. Não é Televisão … é internet, é Youtube. Pare de querer vender, entregue valor, canal empresarial ou pessoal que foca apenas em venda vai fracassar.

Tendências para 2018?

Tem muita coisa que eu ainda não posso falar por contrato de confidencialidade com a plataforma, mas vamos pensar que em termos gerais o Facebook veio forte com vídeos, Instagram com Stories e o Youtube com certeza com as comunidades, o próprio PLAY do Youtube vai se adaptar a novos formatos em 2018, Stories no Youtube, enfim, a guerra será gigante de conteúdo e o criador terá trabalho quadruplicado. Continuamos sendo um exército de um homem só.

_____________

Fernando Prado é comunicador multimídia, apresentador, produz conteúdo para empresas, Rádios e TVS e é Youtuber através do canal Tudodebom.tv.

Categorias: Destaque,IMPRESSO

Deixe uma réplica

Seu email não pode ser publicado.